Domingo, 25 de fevereiro de 2024

Técnico do PSG afirma que as lesões de Neymar se devem ao calendário de jogos do PSG, não à “má sorte”

A intensa agenda de jogos do Paris Saint-Germain (PSG) tem desempenhado um papel nas últimas lesões de Neymar, disse o técnico da equipe, Christophe Galtier, depois que o atacante torceu o tornozelo e foi retirado do campo na vitória por 4 a 3 sobre o Lille no último domingo (19) pelo Campeonato Francês.

Neymar, que marcou o segundo gol do PSG aos 17 minutos, deixou o campo chorando no início do segundo tempo após colidir com Benjamin André, do Lille, e torcer o tornozelo.

“Neymar sofreu uma torção no tornozelo durante o jogo contra o Lille e passou por uma ressonância magnética hoje. O exame não revelou nenhuma fratura”, disse o PSG em um comunicado. “Uma nova avaliação do ligamento será realizada em 48 horas.”

O clube não forneceu detalhes sobre quanto tempo Neymar ficará indisponível. O jogador de 31 anos sofreu uma lesão no mesmo tornozelo durante a Copa do Mundo do ano passado no Catar e desfalcou a seleção brasileira por dois jogos.

Por duas vezes Neymar passou longos períodos afastado dos gramados após sofrer fraturas no metatarso antes da partida das oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid em 2019 e contra o Manchester United no ano seguinte, com o time francês sendo eliminado em ambas as ocasiões.

“Isso não é má sorte”, disse Galtier. “Sempre há razões para lesões – a agenda, a sequência dos jogos. Nunca é aleatório. Ele está sendo examinado para saber a gravidade de sua torção”, disse.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Neymar não pretende ouvir propostas para deixar o PSG
Lesões ameaçam presença de Neymar na Copa de 2026
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play