Quarta-feira, 18 de maio de 2022

loader

Tratamento contra covid: conheça 3 antivirais usados no exterior

Em pouco mais de dois anos, o tratamento da covid-19 evoluiu bastante. Atualmente, existem remédios testados e aprovados para todas as fases da doença — desde os quadros mais leves e iniciais até os mais graves e avançados.

O problema é que boa parte desses medicamentos não está disponível no País, apesar de já serem utilizados em larga escala em outras partes do mundo.

Veja a seguir que tratamentos são esses, como eles funcionam e por que ainda não estão disponíveis no Brasil.

Antivirais

Em linhas gerais, esses remédios impedem a replicação do coronavírus no organismo. Com isso, o patógeno deixa de invadir as células e há menos probabilidade de o quadro infeccioso se agravar e necessitar de suporte hospitalar.

Até o momento, três medicações desse grupo já foram testadas e aprovadas em vários países: o remdesivir (da farmacêutica Gilead Sciences), o paxlovid (Pfizer) e o molnupiravir (MSD).

Por ora, o único deles que está liberado no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é o remdesivir.

Esse fármaco é administrado em dose única, dada através de uma infusão intravenosa (na veia).

Até o final do ano passado, o remédio da Gilead era oferecido aos pacientes numa fase mais avançada da doença. Mas os resultados obtidos eram questionáveis — e existia até uma discordância sobre a indicação dele, com os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos sugerindo o uso do remdesivir, enquanto a OMS não fazia essa mesma recomendação.

A classe dos antivirais é composta de outras duas opções além do rendesivir: o paxlovid e o molnupiravir.

Uma grande vantagem deles é o fato de serem comprimidos, que podem ser tomados em casa, sem necessidade de ir até uma clínica de infusão ou um hospital.

Embora já sejam aprovados e utilizados na prática em locais como Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Austrália, não existem perspectivas claras de quando o paxlovid ou o molnupiravir chegarão ao Brasil.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Entenda para que serve a vitamina B12 e qual a ingestão recomendada
Musculação emagrece? Entenda como a prática pode combater a obesidade
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play