Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Unidade móvel realiza vacinação contra a gripe nesta sexta-feira no Largo Glênio Peres, em Porto Alegre

No último dia da campanha nacional de vacinação contra a gripe, a unidade móvel do projeto Fique Sabendo, da Secretaria Municipal de Saúde, estaciona nesta sexta-feira (03), no Largo Glênio Peres, ao lado do Mercado Público, em Porto Alegre, para vacinar os públicos prioritários. A ação, que irá ocorrer das 9h às 16h, tem o objetivo de incentivar a imunização. Até o momento, a cobertura vacinal é de apenas 47,3%.

Podem receber a vacina crianças de seis meses a nove anos, gestantes, idosos, povos indígenas, puérperas e trabalhadores da saúde, trabalhadores do transporte coletivo (motoristas e cobradores), das forças de salvamento e segurança, trabalhadores da educação, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade e com comorbidades.

Para as crianças, o tempo mínimo de intervalo entre a vacina da gripe e da Covid-19 é de 14 dias. Os demais grupos podem fazer as vacinas de forma concomitante. A vacinação também está disponível em 124 unidades de saúde, no horário de funcionamento das mesmas.

Vacinação contra a gripe

Público: Crianças (seis meses a nove anos), gestantes, idosos, povos indígenas, puérperas e trabalhadores da saúde, trabalhadores do transporte coletivo (motoristas e cobradores), das forças de salvamento e segurança, trabalhadores da educação, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade e com comorbidades.

Documentação: Gestantes e puérperas devem apresentar a carteira de gestante; professores, comprovação do vínculo de trabalho. Crianças devem ter a caderneta levada ao posto de saúde. Comorbidades podem ser comprovadas com atestado médico, laudo ou prescrição de receita de medicamento de uso contínuo. Trabalhadores devem comprovar o vínculo laboral, com crachá ou contracheque.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Portaria do governo federal regulamenta atendimentos de saúde à distância
Ministério da Saúde vai autorizar a quarta dose da vacina contra o coronavírus a quem tem mais de 50 anos
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play