Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Valmet e CMPC finalizam acordo para entrega de tecnologias e automação para modernização da fábrica de Guaíba RS

Nesta sexta-feira (05), a Valmet e a CMPC finalizaram o acordo, no qual ambas tinham assinado uma carta de intenção em setembro deste ano. Conforme o contrato, a Valmet fornecerá tecnologias-chave e automação para o projeto BioCMPC da CMPC.

O projeto BioCMPC prevê a implantação de importantes investimentos em modernização operacional, além de novas medidas de controle e gestão ambiental. “A CMPC escolheu as soluções mais ecologicamente eficientes e sustentáveis. A entrega da Valmet oferece todos os benefícios de nossa oferta completa e exclusiva, consistindo em tecnologia de processo, automação e serviços. Continuaremos a excelente cooperação melhorando o desempenho da fábrica e incluindo mais soluções de Internet Industrial combinadas com serviços especializados fornecidos no local e remotamente”, afirma o presidente da Valmet na América do Sul, Celso Tacla.

A meta é modernizar e aumentar a capacidade de produção da linha 2 da fábrica de celulose de Guaíba de 1,5 milhão de ADt/ano (toneladas secas ao ar por ano) para 1,85 milhão de ADt/ano. A expectativa é que a fábrica modernizada comece a operar no quarto trimestre de 2023.

“Fornecemos à fábrica nossas mais recentes inovações tecnológicas projetadas para alta eficiência, o que permitirá que a fábrica seja uma das plantas mais sustentáveis no Brasil, com baixo impacto ambiental. O projeto terá um impacto significativo no emprego tanto para a nossa engenharia, produção e execução de projetos no Brasil e nos países nórdicos”, diz o presidente da linha de negócios de Celulose e Energia da Valmet, Bertel Karlstedt.

O diretor de Celulose e Energia da Valmet na América do Sul, Fernando Scucuglia, falou que está muito feliz em ver o reconhecimento da empresa ao ser escolhida para ser o principal fornecedor de tecnologia e automação para o projeto BioCMPC. “Estamos muito felizes em participar desta inovadora e moderna iniciativa. Todos os equipamentos e soluções representam tecnologia comprovada, que proporciona melhor desempenho ambiental e maior eficiência de produção. O projeto traz benefícios ao cliente, à comunidade e ao meio ambiente local e global”, afirma o diretor de Celulose e Energia da Valmet na América do Sul, Fernando Scucuglia.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Retorno de gestantes ao trabalho presencial está sendo discutido no Congresso
Oportunidade: Panvel abre mais de 20 vagas de emprego em Gramado e Canela
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play