Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Vendas de veículos novos caem 0,41% em agosto no Brasil

O emplacamentos de veículos atingiu a marca de 196.878 unidades no mês de agosto, uma queda de 7,93% sobre julho e de 0,41% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Segundo os dados, divulgados nessa segunda-feira (4) pela Fenabrave Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores (Fenabrave), associação que representa as concessionárias, o resultado se deu após o fim do incentivo do governo para estimular o setor automotivo.

Os licenciamentos de carros e comerciais leves (picapes, SUVs e vans) caíram 8,7% na relação mensal, avançando 1,36% ante agosto do ano passado, a 196,88 mil veículos. No mês de julho houve crescimento de vendas de carros de passeio, a comercialização sofreu efeito das medidas, que a bancaram a redução no preço de automóveis.

Segundo a entidade, as Medidas Provisórias ajudaram a aquecer o setor apenas momentaneamente e os números evidenciam a necessidade de uma política de fomento industrial de longo prazo.

“As ações do Governo Federal permitiram o acesso do consumidor, que havia perdido poder compra, aos veículos de entrada, o que demonstrou que o fator preço influencia na escala necessária para a recuperação do setor”, disse o presidente da Fenabrave, José Mauricio Andreta Junior.

O executivo emendou: “O resultado de automóveis em agosto, agravado pela piora na oferta de crédito, já deixa clara a necessidade de uma política de fomento industrial de longo prazo. Isso porque algumas marcas ainda tinham saldo de veículos com descontos patrocinados a oferecer, o que fez com que o resultado não fosse ainda pior.”

Recusa de crédito

O presidente da Fenabrave também destacou que o movimento pode ser atribuído ao crédito cada vez mais escasso, consequência dos juros elevados, o que resulta em uma piora no ambiente para financiamentos.

“Notamos que, nas últimas semanas, houve uma deterioração acentuada na liberação de crédito, com um aumento de cerca de 20% nas recusas de fichas de financiamento por parte das instituições financeiras. O crédito está restrito e isso afeta muito o mercado”, avaliou.

Veja a lista dos veículos mais vendidos em agosto:

* 1º GM – Onix (8.345 unidades)
* 2º VW – Polo (8.220 unidades)
* 3º HYUNDAI – HB20 (8.053 unidades)
* 4º GM- Onix Plus (7.055 unidades)
* 5º FIAT – Mobi (6.593 unidades)
* 6º GM – Tracker (6.372 unidades)
* 7º FIAT – Argo (5.892 unidades)
* 8º HONDA – HR-V (5.775 unidades)
* 9º VW – T-Cross (5.452 unidades)
* 10º JEEP – Compass (5.315 unidades)
* 11º HYUNDAI – Creta (5.195 unidades)
* 12º FIAT – Cronos (5.093 unidades)
* 13º JEEP- Renegade (5.044 unidades)
* 14º VW – Nivus (4.936 unidades)
* 15º RENAULT – Kwid (4.569 unidades)
* 16º FIAT – Fastback (4.308 unidades)
* 17º TOYOTA – Corolla (4.175 unidades)
* 18º NISSAN – Kicks (4.136 unidades)
* 19º FIAT – Pulse (3.742 unidades)
* 20º PEUGEOT – 208 (3.318 unidades).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Dólar fecha o dia em leve recuo; Ibovespa encerra praticamente estável
“Taxa o uso do Pix seria uma loucura”, afirma diretor do Banco Central
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play