Domingo, 21 de julho de 2024

Vendas do comércio brasileiro aumentam pela quarta vez consecutiva

As vendas do comércio varejista brasileiro cresceram 0,9% em abril na comparação com março. Esse foi o quarto resultado positivo consecutivo do setor, que acumula alta de 4,9% no ano e de 2,7% nos últimos 12 meses. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio, divulgada nesta quinta-feira (13) pelo IBGE.

Das oito atividades pesquisadas, cinco avançaram em abril, com destaque para hiper, supermercados, produtos  alimentícios, bebidas e fumo (1,5%) e equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (14,2%), que exerceram as principais influências sobre o resultado geral.

O setor de móveis e eletrodomésticos (2,4%) voltou ao campo positivo após a queda de 1,9% em março. Outra atividade cujas vendas aumentaram em abril foi artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (0,6%). O resultado marca a terceira alta seguida desse segmento, que acumula ganho de 13,8% no ano. Já no segmento de combustíveis e lubrificantes (2,2%), o resultado de abril é a primeira alta do ano.

Por outro lado, as atividades de livros, jornais, revistas e papelaria (-0,4%) e tecidos, vestuário e calçados (-0,7%) ficaram no campo negativo. Para o setor de outros artigos de uso pessoal e doméstico (0%), o cenário foi de estabilidade. Nesse segmento estão, por exemplo, as lojas de departamento, óticas e joalherias.

No comércio varejista ampliado, que inclui, além das atividades do varejo, as de veículos, motos, partes e peças, material de construção e atacado de produtos alimentícios, bebidas e fumo, houve queda de 1% em abril em relação a março. Na comparação anual, o varejo ampliado cresceu 4,9%.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de boas noticias

Presos 13 criminosos que traficavam drogas em Canoas, especialmente na modalidade tele-entrega
Fenômeno climático El Niño chega ao fim no Brasil
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play