Sábado, 25 de junho de 2022

loader

WhatsApp Web começa a funcionar em múltiplos aparelhos, sem conexão com um celular

O WhatsApp começou a liberar um recurso que permite login em até quatro aparelhos simultaneamente, sem a necessidade de um celular de conexão principal para acessar a versão web da plataforma. O aplicativo de mensagens havia anunciado os testes de implementação da ferramenta no mês de julho deste ano.

Até então, o WhatsApp Web era apenas um “espelho” do aplicativo de smartphones, com conexão obrigatória do celular. O novo recurso, porém, é desativado caso o usuário não entre no mensageiro pelo smartphone por mais de 14 dias.

Para usar o recurso de múltiplos aparelhos, é necessário fazer uma primeira conexão entre os dispositivos. Para isso, é preciso que o aparelho esteja atualizado com a versão mais recente do WhatsApp ou do WhatsApp Bussiness (no caso de empresas), seja no Android ou no iPhone. Com a atualização já disponível, o próximo passo é estar com o celular e os aparelhos adicionais conectados à internet.

No aparelho principal do sistema Android, entre no aplicativo WhatsApp, clique em Mais Opções (ícone de três círculos no canto superior direito da tela), “Aparelhos conectados”, “Múltiplos aparelhos (Beta)”, “Entrar no Beta”. Para sair da versão, basta clicar em “Sair do Beta”.

No iPhone, vá em “Configuração”, “Aparelhos Conectados”, Múltiplos Aparelhos (Beta) e depois em “Entrar no Beta”. Para sair da versão, basta clicar em “Sair do Beta”.

O que ainda falta liberar?

Segundo informações do WhatsApp, a versão de testes no iPhone ainda não permite que o usuário limpe ou apague conversas nos aparelhos adicionais. O recurso de enviar mensagens ou fazer chamadas para contatos que usam versões muito antigas também ainda estão restritas.

Além disso, também ainda não é possível utilizar o WhatsApp em tablets, ver localização nos dispositivos e criar e visualizar listas de transmissão nos aparelhos adicionais.

De acordo com a a empresa, mesmo com a nova função, as mensagens, os arquivos de mídia e as chamadas do WhatsApp Web ainda continuarão sendo protegidos por criptografia de ponta a ponta.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Um novo tipo de rastreamento genético de embriões que serão usados no processo de fertilização in vitro tem provocado debates técnicos e éticos na comunidade médica
Seria o fim definitivo do Note? Galaxy S22 Ultra vaza na web com S Pen
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play