A polícia prendeu um homem que tentou matar a ex-companheira a facadas e feriu outra mulher em um bar na Região Metropolitana de Porto Alegre

Agentes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher prenderam preventivamente, nesta quinta-feira (24), um homem por tentativa de feminicídio em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O indivíduo tentou matar a ex-companheira com uma faca, em meados de dezembro do ano passado, na Praia do Paquetá.

Na ocasião, ele errou o golpe e atingiu outra vítima com uma facada na cabeça. Segundo a delegada Clarissa Demartini, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a ex-companheira. “Ele teria encontrado a moça em um bar na Praia do Paquetá, no final do ano. Ao avistá-la, ele investiu contra a vítima, e populares interviram para cessar as agressões. Nesse momento, ele errou uma facada, que seria destinada à ex-companheira, acertando outra mulher que tentava separar o agressor”, esclareceu a delegada.

A mulher que foi atingida na cabeça recebeu atendimento médico e passa bem. “Em razão dos fatos, foi representada pela prisão preventiva do indivíduo, a qual foi cumprida nesta quinta-feira no Centro de Canoas”, informou a Polícia Civil.

A delegada Clarissa Demartini destacou o comprometimento da Polícia Civil no combate à violência doméstica, especialmente àqueles crimes que colocam em risco a vida das mulheres. “Precisamos lutar por uma sociedade igualitária e a delegacia  especializada traduz esse compromisso realizando investigações qualificadas, com grande força probatória, e com os olhos voltados à segurança da vítima. São esses pilares que garantem a prisão do agressor ainda na fase policial”, ressaltou.

O delegado regional de Canoas, Mario Souza, disse que o enfrentamento à violência contra a mulher é fundamental e que as ações da Polícia Civil serão intensificadas contra os agressores.

Avião

A Polícia Civil prendeu em flagrante, na segunda-feira (21), no interior de uma aeronave no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, um homem que agrediu e ameaçou a companheira. Ele foi autuado pelos crimes de lesão corporal, ameaça, injúria e dano qualificado, de acordo com informações divulgadas na manhã desta terça-feira (22).

Segundo a delegada Laura Rodrigues Lopes, da Delegacia para o Turista, a vítima apresentava diversas marcas de violência e relatou que vinha sendo agredida há vários dias e ameaçada de morte pelo homem, inclusive sofrendo agressões e ameaças dentro do avião.

“A vítima, que solicitou medidas protetivas de urgência, não havia registrado nenhuma ocorrência contra o acusado, contudo relatou ter sido agredida outras vezes”, explicou a delegada. O indivíduo possui antecedentes por roubos, furtos, porte ilegal de arma de fogo, ameaças, lesão corporal, entre outros crimes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *