A prefeitura de Porto Alegre informa o esquema de trânsito e transporte para as eleições deste domingo

A prefeitura de Porto Alegre, por meio da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), informa que haverá passe livre nos ônibus neste domingo (7), dia do primeiro turno das eleições de 2018. Para atender a demanda atípica, as linhas terão um reforço de 27% em relação a um domingo normal.

Bloqueio

A avenida Padre Cacique será bloqueada junto ao TRE-RS (Tribunal Regional Eleitoral), no sentido Centro-bairro, entre a Barão do Cerro Largo e José de Alencar, neste domingo, das 5h às 23h. As regiões que concentram um número mais elevado de eleitores serão monitoradas, e os tempos semafóricos alterados para qualificar a mobilidade conforme a necessidade.

A Operação Eleições 2018 na Capital é centralizada na Secretaria da Segurança Pública e tem participação da prefeitura de Porto Alegre, por meio da EPTC, além da Brigada Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, TRE-RS, Instituto Geral de Perícias, Superintendência dos Serviços Penitenciários, Agência Brasileira de Inteligência e Samu.

Operação de limpeza

Uma operação especial será feita pelo DMLU (Departamento Municipal de Limpeza Urbana) para garantir a limpeza das ruas neste domingo, data do primeiro turno das eleições para presidente, governador, senadores, deputados federais e estaduais.

Este ano a operação vai ter 98 garis, com auxílio de oito motoristas, no período da manhã, turno das 8h às 12h, em equipes itinerantes que farão a limpeza e varrição em pontos estratégicos como as seções de maior movimentação da cidade. Quase ao final da votação, no turno das 16h às 21h, serão 298 garis e 12 motoristas trabalhando na limpeza e varrição geral em todas as seções eleitorais. Os serviços que não puderem ser concluídos no domingo terão continuidade na segunda-feira, 8.

“O objetivo da limpeza durante o início do pleito é combater a prática de descarte irregular de panfletos de candidatos, os conhecidos ‘santinhos’, que, embora proibidos pela legislação eleitoral no dia da eleição, ainda são distribuídos”, destaca o diretor-geral do DMLU, Renê José Machado de Souza.

O Serviço de Fiscalização do DMLU vai atuar durante o domingo com oito fiscais distribuídos em quatro grandes regiões de Porto Alegre onde encontram-se as maiores seções eleitorais. Os fiscais estarão atentos ao descarte irregular de “santinhos” em via pública, com o objetivo de inibir e responsabilizar os infratores. A multa para este tipo de descarte está em 90 UFMs, correspondente a R$ 360. Denúncias durante o horário da votação poderão ser feitas pelo fone 3289- 6975.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *