Detento que fugiu de Presídio em Erechim é preso em flagrante por latrocínio

Um dos 13 detentos que fugiu do Presídio Estadual de Erechim na madrugada do último domingo, foi preso em flagrante na tarde da última quinta-feira, suspeito de latrocínio. Bruno Máximo de Campos, de 21 anos, teria assassinado o proprietário de um estabelecimento comercial com um tiro, durante um assalto a uma loja de autopeças. O crime ocorreu na Rua Valentim Zabonato, no centro da cidade. A vítima foi identificada como Rogério Paulo Soccol, de 54 anos.

Segundo testemunhas, Bruno teria entrado no estabelecimento sozinho e anunciado o assalto. Ele pegou o dinheiro do caixa e fugiu em uma motocicleta. Os proprietários da loja foram atrás do homem, quando ele atirou nos empresários a atingiu Rogério. Depois, o detento teria roubado um carro no centro da cidade, que logo foi encontrado em um matagal. O homem foi preso dentro da casa de familiares e confessou o crime.

No local, foi encontrado dinheiro, uma arma e roupas usadas. Com a prisão de Campos, seis dos 13 foragidos do Presídio foram capturados.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *