Mais de 850 criminosos já foram presos durante a Operação Golfinho no litoral gaúcho

A 49° Operação Golfinho completou, no último domingo (13), um mês de atividades no litoral do Rio Grande do Sul com resultados positivos, de acordo com dados divulgados na segunda-feira (14) pela BM (Brigada Militar). Nesse período, na comparação com a última edição da ação, os indicadores de criminalidade apresentaram redução nas praias do Estado. Foram presos 852 indivíduos, o que representa um aumento de 24%.

A Operação Golfinho, que já existe há 49 anos, é uma ação que tem como objetivo reforçar o efetivo de policiamento ostensivo, visando aumentar a segurança tanto dos moradores do litoral gaúcho e balneários quanto dos veranistas. Policiais militares de vários batalhões são remanejados para atuar nos litorais Norte e Sul e nos balneários de água doce do Rio Grande do Sul durante toda a temporada de verão.

Os roubos a pedestre, que são ações criminosas envolvendo subtração de algo mediante violência ou grave ameaça, tiveram uma redução de 44%. No ano anterior, foram registrados 591 casos. No mesmo período deste ano, essas ocorrências diminuíram para 332.

Os roubos de veículos também tiveram diminuição em relação ao final de 2017 e início de 2018. Houve uma redução de 32% nas ocorrências, que no ano passado chegaram a 44 e, no período atual, diminuíram para 30.

A Brigada Militar abordou 97.988 pessoas, cerca de 19 mil a mais neste ano. A apreensão de maconha cresceu 119,3%, ou seja, de aproximadamente 14 quilos para 32 quilos da droga.

As BMCs (Bases Móveis Comunitárias), que são motorhomes da Brigada Militar instalados em sete locais, auxiliam no policiamento ostensivo preventivo com ações de polícia comunitária. As BMCs disponibilizam o serviço de identificação de crianças para que não se percam de seus pais. Nesse período, o quantitativo de pulseiras de identificação distribuídas já ultrapassou o número total da Operação Golfinho do ano anterior.

Segundo a coordenação das BMCs, na última temporada, foi realizada a entrega de 6.273 pulseiras. Em 15 dias de atuação das bases móveis nesta temporada, já foram entregues 6.797.

Outro dado positivo é o número de veículos fiscalizados. Mesmo com o aumento de 50.278 para 61.117, as autuações reduziram em 3%, o que demonstra que as ações de trânsito têm obtido resultados positivos no que diz respeito à conscientização dos condutores. Nesse contexto, cabe destacar que, até o momento, 3.670 crianças, 2.280 adolescentes e 3.782 adultos participaram das atividades da Escolinha de Trânsito do Comando Rodoviário da Brigada Militar no Litoral Norte gaúcho. A iniciativa leva, de maneira lúdica, o aprendizado de regras de trânsito e circulação aos pais e às crianças.

Oficial argentino

Durante a 49° Operação Golfinho, um oficial-ajudante da Polícia de Misiones, na Argentina, acompanha e colabora com a Brigada Militar no atendimento de ocorrências que envolvam turistas que falam espanhol no litoral gaúcho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *