Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

loader

A importância de montar um prato colorido

Se você busca manter uma alimentação mais saudável, muito provavelmente já deve ter ouvido falar da importância de montar um prato colorido de refeição. Mas o que as cores do prato tem a dizer sobre a qualidade da alimentação?

Pratos coloridos são mais saborosos

Faça um teste simples na sua casa, com pratos criados por você ou apenas com imagens de refeições que você busca na internet. Quais parecem mais apetitosos? Aqueles que têm mais variedades de cores ou os que têm poucas tonalidades diferentes?

Você provavelmente se sentiu atraído pelos pratos mais coloridos, mesmo que eles contenham ingredientes que você não gosta ou nunca provou, não é mesmo? A variedade de cores nos deixa naturalmente mais atraídos por uma refeição, além de ajudar a abrir o apetite.

Os pratos coloridos conseguem também transmitir uma sensação maior de frescor e de qualidade, nos deixando mais dispostos para prová-los!

Mais cores significa mais variedade de nutrientes

A grande variedade de cores no seu prato também tem um significado muito importante para sua saúde: ela revela o alto valor nutricional da refeição que você vai fazer. Por isso, quanto mais cores, mais tipos de nutrientes você estará ingerindo naquele prato.

Para você ver como essa é uma maneira simples de montar uma refeição saudável, veja abaixo quais são as cores responsáveis por cada nutriente.

Amarelo/Marrom

Os alimentos de coloração em tons pasteis, amarelados e marrom (nozes, feijão, grão de bico, cereais integrais, soja) são fonte de vitamina E, vitaminas do complexo B e de minerais como o magnésio e o selênio.

Branco

Alimentos brancos são tradicionalmente ricos em energia (no caso de cereais refinados como o arroz, pão e macarrão) ou em proteínas e cálcio (no caso do leite e seus derivados).

Laranja

Alimentos alaranjados (como o mamão, a laranja, a cenoura, caju) são fontes ricas em vitamina A, betacaroteno e vitamina C.

Verde

Os alimentos de coloração verde (brócolis, couve, alface, espinafre) são, além de excelente fonte de fibras alimentares, uma boa opção para ingerir vitamina K. Os verde escuros, especificamente, são ricos em nutrientes como o ferro, o cálcio e o ácido fólico.

Vermelho

Os alimentos vermelhos (tomate, morango, goiaba) são fontes riquíssimas de licopeno, antioxidantes naturais e vitamina C.

Roxo

Os alimentos roxos (açaí, uva, berinjela, jabuticaba, amora) são excelentes fontes de resveratrol e antocianina, antioxidantes naturais importantes para a nossa saúde.

Montar um prato colorido é uma simples – e divertida – maneira de garantir uma alimentação mais saudável e nutritiva (especialmente para as crianças). Por isso, sempre leve essa tática em consideração na hora de fazer uma refeição.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Estilo de Vida

Prefeito americano é preso e indiciado por causa de “pornô de vingança’
Por que a incerteza confunde tanto nossos cérebros
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play