Quinta-feira, 25 de abril de 2024

A influência dos fisiculturistas nas redes sociais

Existem pessoas que buscam ter um corpo com um aspecto mais esportista, como de um fisiculturista. Para isso, ter acesso a materiais criados por pessoas que já possuem esse perfil é fundamental para não cometer excessos.

Sobre isso, o especialista em marketing Fê Cruz falou como é importante que pessoas do setor divulgue sua rotina de exercícios e quais são os principais caminhos para chegar nos resultados de maneira saudável.

“É muito importante que o atleta se preocupe em como ele vai abordar a sua rotina nas redes sociais. Já foi muito banalizado no passado por conta de usar cueca nas fotos na academia, por parecer que apenas sabe treinar e nada mais. Muitos atletas são pessoas incríveis com ótimos trabalhos e às vezes a forma que mostra as retorcias são diferentes da realidade”, explicou Fê Cruz.

Segundo ele, mostrar como é a alimentação das pessoas que seguem esse modelo de prática esportiva, ajudar a quebrar o preconceito que algumas pessoas têm sobre o fisiculturismo.

“A rotina eles como a de alimentação, o ritmo de treinamento, quem é o treinador, como é a preparação, como funciona as competições. Tudo isso contribui para que o fisiculturismo seja conhecido pelas pessoas da forma correta. Importante lembrar que um fisiculturista, é como ser um jogador de futebol. Existem várias outras ações envolvidas”, explicou Fê Cruz.

O especialista ainda explica que com o uso das mídias sociais pelos fisiculturistas, podem surgir parcerias que podem ajudar na sequência da carreira deles. “É muito importante que esteja nas redes sociais para serem conhecidos não só pelas pessoas, mas também pelas marcas. Assim como existem pessoas procurando por esse tipo de conteúdo, há também empresas que querem tornar seus produtos conhecidos por meio de um fisiculturista”, completou.

Perda de seguidores

Em agosto, o influenciador digital fitness e empresário Renato Cariani, de 46 anos, anunciou live com o presidente e então candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) no podcast Ironberg junto com o médico Paulo Muzy. Entretanto, um dia depois ele afirmou que perdeu cerca de 25 mil seguidores nas redes sociais após o anúncio.

Na avaliação dele, a polarização política provocou a perda. Contudo, isso passa de raspão no que ele construiu ao longo dos últimos anos, em um processo que o tornou muito relevante na cena fisiculturista

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Ministro da Saúde diz que plataformas de dados serão legado do governo
Psoríase: o que é, quais os tipos, sintomas, causas e tratamentos
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play