Quarta-feira, 22 de maio de 2024

“Acha que eu batia em Gal? Fala sério”, diz Wilma Petrillo, viúva da cantora

A cantora Gal Costa (1945-2022) gravou centenas de músicas ao longo de quase 60 anos de carreira. Uma delas, porém, faz com que a empresária Wilma Petrillo se lembre da cantora de forma especial: Meu Bem, Meu Mal, composição de Caetano Veloso, lançada por Gal em 1981, doze anos antes das duas se conhecerem em Nova York. Gal e Wilma teriam convivido por quase 30 anos.

“Ela cantava essa para mim. E também Morena do Mar e A Handful Of Stars”, diz Wilma, 74 anos, com fala pausada para a reportagem do jornal o Estado de S.Paulo, durante entrevista realizada no escritório da empresária, na região dos Jardins – antes de ser divulgado nesta terça que a Justiça de São Paulo negou a pedido de exumação feito por Gabriel Costa. Ao Estadão, defesa de Gabriel afirma que vai recorrer da decisão.

A Justiça também determinou que o processo seja encaminhado à investigação por meio da Central de Inquéritos Policiais e Processos (CIPP) para a apuração de um possível crime por parte de Wilma. A reportagem do Estadão voltou a entrar em contato com a defesa de Wilma na manhã desta quarta-feira, 10. A advogada Vanessa Bispo afirmou que a empresária não foi citada nessa ação de exumação. “Os fatos que Gabriel imputa a Wilma são graves e ele terá que provar”, diz a advogada.

Vanessa disse ainda que Wilma tem interesse em que os fatos sejam esclarecidos e que ela não se opõe a uma investigação. Afirmou ainda achar estranho que Gabriel, aparentemente, não tenha solicitado ao Hospital Albert Einstein, onde Gal fazia um tratamento para uma neoplastia maligna [câncer] de cabeça e pescoço, os boletins médicos que podem atestar a gravidade da doença da cantora.

Relembre o caso e as acusações e entenda o contexto da disputa

Desde a morte de Gal, em novembro de 2022, Wilma Petrillo, que atuou como empresária da cantora, ganhou os holofotes. Inicialmente por requerer o reconhecimento de união estável com Gal – o que causou surpresa e indignação em muito gente, já que a cantora sempre manteve discrição sobre sua vida amorosa – e, consequentemente, ter direito à herança da cantora.

Posteriormente, por ser personagem de uma reportagem publicada pela revista Piauí em junho de 2023 na qual foi alvo de denúncias de mais de uma dezena de pessoas que a acusaram de golpes financeiros, assédio moral e agressões físicas e verbais, inclusive contra Gal. “Nunca provaram nada”, diz Wilma.

Wilma segue no foco. Depois de ter a união estável reconhecida pela Justiça e ter sido declarada como inventariante dos bens de Gal, a empresária trava uma batalha contra Gabriel Costa, filho único da cantora, de 18 anos. Registrado apenas no nome de Gal, Gabriel, em um primeiro momento, reconheceu perante um juiz, em uma audiência realizada em março de 2023, a união entre a mãe e Wilma, a quem tratava como madrinha.

Nos meses seguintes à morte de Gal, Wilma e Gabriel pareciam mesmo viver em harmonia. Foram vistos juntos em um show de Chico Buarque, em março de 2023. No entanto, no fim de janeiro deste ano, Gabriel deixou a casa em que morava com Wilma, mesmo local onde Gal morreu. Um mês depois, entrou com uma ação anulatória da união estável e pediu que a Justiça retirasse Wilma da função de inventariante. O caso ainda não foi analisado pela Justiça.

No processo, a defesa de Gabriel alega que ele estava sob efeitos de medicamentos administrados por Wilma e, por isso, “teve sua capacidade cognitiva severamente reduzida” e que a declaração que prestou “se encontra maculada por coação física e psicológica”.

À reportagem, Wilma nega que administrava medicamentos a Gabriel, a quem ela chama de “filho” a todo momento. Ela atribui a mudança de comportamento de Gabriel à sua atual namorada, a fonoaudióloga Daniela Tonani Izzo, de 50 anos, mãe da ex-namorada de Gabriel.

“Ela está interessada na herança”, afirma Wilma. “Eu conheço o filho que eu tenho. Ele jamais faria isso”, completa. O Estadão procurou Daniela, mas não obteve resposta. O espaço segue aberto.

Daniela, anteriormente, também deu uma declaração à Justiça afirmando reconhecer a união estável entre Gal e Wilma. Assim como Gabriel, ela, agora, pede a anulação do depoimento. Alega que foi ludibriada por Wilma à época.

Para provar a união estável de Gal e Wilma, a defesa de Wilma anexou ao processo inúmeras fotos delas juntas. Há ainda imagens de ambas com Gabriel. Outras duas fotos destacam as alianças iguais que elas usavam na mão esquerda e que, agora, estão no dedo anelar de Wilma. A defesa da empresária também anexou bilhetes que Gal teria escrito para Wilma. São declarações de amor. Elas se chamavam de ‘Tunca’. “Era um de nossos apelidos carinhosos”, diz a empresária. Em um desses escritos aparece a mesma frase que Wilma afirma ter ouvido da cantora instantes antes dela morrer, na madrugada do dia 9 de novembro de 2022, em sua casa, no bairro do Jardim Europa, em São Paulo: “Não sei mais viver sem você”.

Wilma rebateu as acusações que pesam contra ela e revelou que Gal enfrentava dívidas financeiras, o que pode fazer com que a herança deixada pela cantora seja menos do que muitos pensam – por ora, há uma casa que na escritura tem o valor de R$ 5,2 milhões e dois automóveis. Diz querer adotar Gabriel. Algumas das respostas à reportagem tiveram a intervenção de sua nova advogada, Vanessa Bispo, que assumiu o caso há cerca de três semanas e trabalha na tese de que Gabriel se encontra em situação de vulnerabilidade psicológica. “Morando em um hotel vagabundo na Avenida Paulista”, diz Wilma, em um dos poucos momentos da entrevista em que se exaltou.

A defesa de Gabriel enviou a seguinte nota: “A defesa de Gabriel lamenta a divulgação de mentiras e a exposição de questões pessoais da sua vida particular, alheias aos fatos do processo, para sustentar uma narrativa que não condiz com a realidade nem tem relevância para o caso. Isso demonstra também o claro desprezo da outra parte pelo bem-estar de Gabriel”.

Previamente, a advogada Mariana de Athayde Ferreira afirmou que Gabriel não quer conceder entrevista pois ficou “incomodado” com as notícias envolvendo o nome de sua namorada. Ela reafirmou a versão de que Gabriel ingeriu medicamentos ministrados por Wilma.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Ex-pugilista Maguila faz aula de boxe em clínica onde está internado desde 2017
Evento com Bruna Marquezine e famosos da alta sociedade acaba em briga
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play