Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Aneel aprova Consulta Pública que discute redução de até 37% da conta de luz

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (22) a abertura de uma Consulta Pública que discutirá a redução dos valores de referência das Bandeiras Tarifárias.

A proposta é de redução para a bandeira amarela de quase 37%, saindo dos atuais R$ 29,89/MWh para R$ 18,85/MWh. Já para a bandeira vermelha, patamar 1, a proposta é reduzir de R$ 65,00/MWh para R$ 44,64/MWh (queda de 31%) e, o patamar 2, de R$ 97,95/MWh para R$ 78,77/MWh (redução de quase 20%).

Caso seja aprovada, a medida será possível graças ao cenário hidrológico favorável, à grande oferta de energia renovável no país e aos alívios verificados no preço dos combustíveis fósseis no mercado internacional.

Em nota, a Aneel explica que a proposta de redução anunciada repercutirá favoravelmente sobre os reajustes tarifários ordinários, com perspectiva de queda dos componentes vinculados à operação do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Os interessados no assunto podem enviar suas contribuições a partir desta quarta-feira (23), até o dia 06 outubro, para o e-mail cp026_2023@aneel.gov.br.

Bandeira atual

Desde abril de 2022, a bandeira tarifária segue verde no Brasil. Para a agência, com as condições favoráveis de oferta de energia, a expectativa é que ela permaneça dessa forma até o fim do ano.

Com o acionamento da bandeira verde, há redução dos custos das empresas e mais conforto para o orçamento doméstico das famílias.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Pelas quartas de final da Libertadores, Inter enfrenta o Bolívar em La Paz
Treino do Grêmio é marcado por conversa longa no vestiário
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play