Domingo, 03 de julho de 2022

loader

Argentino procurado pela Interpol é preso pela polícia gaúcha em Santa Catarina

A Polícia Civil (PC) prendeu em Florianópolis (SC), na tarde desta terça-feira (17), um argentino que estava na lista de procurados da Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal).  P.L.G., de 49 anos de idade, foi acusado e condenado por diversos crimes de roubo cometidos na Argentina.

A partir da expedição de mandado de prisão pela justiça Argentina, o alvo fugiu para o Brasil onde, com um nome falso, deu continuidade aos seus crimes de roubo, especialmente de veículo e à residência, motivo pelo qual foi incluído na lista da Interpol.

A prisão aconteceu em cumprimento a mandado de prisão decorrente de sentença penal condenatória definitiva, expedido pela prática dos crimes de roubos majorados e qualificados (latrocínios).

No Brasil desde o final da década de 90, o homem foi alvo de diversas investigações por crimes de roubo, sendo dois latrocínios (cometidos nas cidades de Gravataí, no ano 2000, e em Igrejinha, no ano de 2014), tendo sido expedido, em abril de 2019, mandado de prisão decorrente de sentença penal condenatória definitiva, cominando uma pena de 30 anos de reclusão.

Além do mandado de prisão, o capturado se encontrava na condição de foragido do sistema prisional gaúcho desde fevereiro de 2017, quando fugiu do Instituto Penal de Canoas, onde cumpria pena no regime semi-aberto.

Após meses de diligências, a polícia gaúcha descobriu que o alvo teria fugido para Santa Catarina.

O preso foi conduzido para o Departamento Estadual de Investigações Criminais, de onde seguirá para o sistema prisional gaúcho e ficará à disposição da Interpol e da justiça brasileira.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Mãe e filho estão entre 11 mortos em acidente em Mato Grosso
Com dois gols de Edenilson, Inter vence o Independiente Medellín e assume liderança na Sul-Americana
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play