Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

loader

Assassinatos caem nos primeiros nove meses do ano no Brasil

O Brasil teve uma queda de 4,7% nos assassinatos nos primeiros nove meses deste ano na comparação com o mesmo período de 2020. É o que mostra o índice nacional de homicídios com base nos dados oficiais dos 26 Estados e do Distrito Federal.

Apesar disso, uma reversão na curva nos últimos dois meses acende um alerta, segundo especialistas. Tanto em agosto quanto em setembro o número de crimes foi maior que no ano passado. E, com isso, mais de 1/3 dos estados registra um aumento nos assassinatos em 2021.

De janeiro a setembro deste ano, foram registradas 30.954 mortes violentas, contra 32.471 nos mesmos meses de 2020. Ou seja, 1.517 a menos. Estão contabilizadas no número as vítimas de homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios e lesões corporais seguidas de morte.

No ano passado, o País teve uma alta nos assassinatos após dois anos consecutivos de queda. Os dados apontam que: houve 30.954 assassinatos nos primeiros nove meses deste ano, 1.517 mortes a menos que no mesmo período de 2020; 10 estados registraram uma alta nas mortes; o Acre teve a maior queda: -29,7% e o Amazonas registrou o maior aumento nos crimes: 38,6%.

Alerta aceso

Para os especialistas do NEV-USP e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, os dados recentes acendem um alerta aos governantes. Bruno Paes Manso, do NEV-USP, reforça que os dados mostram um crescimento da violência mais fortemente localizado nos estados que fazem parte da Amazônia Legal.

“Seis entre os dez estados que registraram aumento de homicídios no período fazem parte dessa região. Três Estados lideram o ranking entre os que mais cresceram. São eles: Amazonas (38,6%), Roraima (18,6%) e Amapá (17,8%). Também registraram alta Maranhão, Pará e Tocantins.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Pix completa um ano; saiba quais são os dois grandes desafios pela frente
Ministro da Economia diz que a inflação será o principal problema econômico em 2022
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play