Terça-feira, 18 de junho de 2024

Autoridades discutem legado do South Summit Brazil e desafios para 2025

A edição especial do MenuPOA, realizada nesta segunda-feira (8), na Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA), trouxe o South Summit Brazil (SSB) como temática principal. Para falar sobre a consolidação do evento em Porto Alegre, participaram o vice-governador do Rio Grande do Sul, Gabriel Souza, o vice-prefeito da capital gaúcha, Ricardo Gomes, o presidente do South Summit Brazil, José Renato Hopf, e o superintendente de inovação e desenvolvimento da PUCRS e do Tecnopuc, Jorge Luis Nicolas Audy. 

O tema “South Summit: Legado de 2024 e desafios para o 2025” mostrou aos convidados a sinergia entre os setores parceiros desse evento, que segundo o vice-governador é uma ferramenta de desenvolvimento para o estado. “O South Summit teve investimento do governo do Estado por fazer parte de um plano maior de desenvolvimento”, afirmou Gabriel. 

Renato Hopf refletiu sobre o compromisso coletivo necessário para a excelência e a transformação digital. “O que nos faz diferente? Nós estamos unidos, efetivamente, numa causa de impacto. Não é um evento, é um movimento. A gente quer conectar o nosso estado, a partir de Porto Alegre, com o Brasil e o mundo. Não teremos inovação se não tivermos transformação social”, afirmou o presidente do SSB.

Para o vice-prefeito, a iniciativa destaca Porto Alegre como uma cidade aberta a novas tecnologias e negócios. “Esta edição consolidou o South Summit como ponto de encontro de pessoas, pela terceira vez. Consolida Porto Alegre e a posição do Rio Grande do Sul como estado que inova”, concluiu.

A presidente da ACPA, Suzana Vellinho Englert, destacou a relevância do encontro, lembrando mais uma vez a proposta do South Summit. “É um evento que empolga, que desafia, que transforma. É uma reunião de forças, uma conjunção de pessoas que não estão olhando para si e, sim, para o todo”, comentou.

“O South Summit ocorre em um momento de maturidade de relações, de compreensão do papel da inovação na sociedade.” Este é o entendimento de Jorge Luis Nicolas Audy, que enfatizou o trabalho feito a várias mãos que construíram o ecossistema de inovação, envolvendo poder público, privado, universidades e entidades sem fins lucrativos. 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Cremers solicita ao Ministério Público investigação e proibição da prática ilegal da Medicina
Receita Estadual intercepta joias e semijoias avaliadas em R$ 3 milhões em Vacaria
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play