Domingo, 16 de junho de 2024

Avião que caiu em São Paulo matando 5 pessoas voava acima da lotação máxima

O avião monomotor que caiu em Jaboticabal, no interior de São Paulo, matando os cinco ocupantes comportava até quatro pessoas. Ainda não é possível afirmar se isso contribuiu para a queda. Segundo dados da Anac, a aeronave era um monomotor RV-10, fabricada em 2012. Ainda de acordo com a agência, o veículo estava regular e não era autorizada para o serviço de Táxi aéreo.

Com o impacto da queda, o monomotor pegou fogo e explodiu. Segundo os bombeiros, todas as vítimas morreram no local.

O empresário e piloto Delcides Menezes Tiago, de 65 anos, foi uma das vítimas confirmadas do acidente aéreo.

Delcides pilotava a aeronave que levava mais três adultos e uma criança, segundo a filha do empresário, Tiele Tiago, confirmou. Ela diz que o pai costumava passear com a aeronave pela região e teria saído de Montes Claros em direção a Fernandópolis para um passeio.

“Ele tinha hábito de passear de avião. A distância era coisa de 30 minutos daqui a Fernandópolis. Ele tem o brevê há um tempo, mas não tem muito tempo. Ainda estou tentando processar tudo. A polícia nos avisou”, contou a filha de Delcides.

Delcides era conhecido em Monte Alto e em Araraquara, São Paulo, como Thiago da Ótica, por ser dono de duas lojas famosas nas cidades.

Com mais de 40 anos de história, o empreendimento recebeu uma homenagem da Associação Comercial e Industrial de Monte Alto em 2021. O órgão, que Thiago presidiu por quatro mandatos bianuais a partir de 1995, decretou luto e prestou solidariedade à família da vítima.

Na legenda da publicação, a Associação relembra a passagem de Thiago pela presidência da instituição:

“Em nome desta instituição de fomento ao Comércio e Indústria da Cidade do Sonho, terra que o querido ‘Thiago da Ótica’ adotou para empreender e gerar tantos empregos, nossa solidariedade à família neste momento. Do presidente 1995-1998 / 2001/2004, guardaremos saudades e a gratidão por todo empenho para a consolidação de uma instituição que hoje é um dos pilares do desenvolvimento de Monte Alto, em muito graças ao seu trabalho.”

Em 1998, Delcides Tiago concorreu ao cargo de deputado estadual pelo PRONA em São Paulo e foi eleito como suplente. Ele tentou se eleger outras duas vezes. Nessas ocasiões, as tentativas de ascender à prefeitura de Monte Alto em 2000 e 2004 não se concretizaram. No seu último pleito, ele disputou o cargo de Prefeito pelo PFL, mas perdeu para Gilberto Morgado, do PT.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Gansos são usados para evitar fugas em penitenciária de Santa Catarina
Após morte de jovem alvo de fake news, ministro pede regulamentação das redes sociais
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play