Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Bancos podem reduzir juros de empréstimo a aposentados

Bancos e financeiras podem reduzir a taxa de juros do empréstimo consignado — aquele com desconto direto no pagamento — para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a partir desta quarta-feira (6).

Uma decisão do Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS), publicada ontem, definiu novo limite para as taxas praticadas. Agora, o teto é de 1,72% ao mês para empréstimo e 2,55% ao mês para cartão de crédito e benefícios.

Para o coordenador do Sindicato dos Aposentados, Pensionistas e Idosos no Espírito Santo (Sindnapi-ES), Jânio Araújo, a mudança incentiva a tomada de empréstimo.

“Os juros consignados são 100% seguros para os bancos, pois são descontados diretamente do pagamento. Não há risco. Reduzir os juros faz com que mais aposentados consigam e tenham vontade de contrair empréstimo”, comenta.

Esse é o caso do aposentado Pedro Gomes de Oliveira, que havia bloqueado a possibilidade de empréstimo, mas decidiu retirar o bloqueio recentemente.

“Nós estamos atravessando uma crise de dinheiro e para nós que somos aposentados, que vivemos do INSS, é muito bom. Eu pedi para desbloquear, pois preciso fazer empréstimo por motivos de saúde. Com essa redução dos juros, eu estou muito feliz”, conta.

As novas taxas passam a valer cinco dias após a publicação dessa decisão no Diário Oficial da União. A redução dos juros foi aprovada unanimidade pelos 20 representantes presentes no último encontro do CNPS, em fevereiro.

A redução reflete a queda na taxa básica de juros, a Selic, que foi de 11,75% para 11,25% ao mês no final de janeiro.

O plano do ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, é cortar os juros do consignado do INSS no compasso das quedas da Selic, a taxa básica de juros da economia, sob responsabilidade do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC).

Lupi já chegou a defender uma espécie de gatilho para que a taxa do consignado caia automaticamente quando houver queda da taxa básica de juros.

Os bancos e as financeiras, no entanto, são contra a proposta.

Consulta

Acesse o aplicativo ou site Meu INSS. Na página inicial, onde há uma lupa, escreva “Taxas de Empréstimo Consignado”.

Posteriormente, será aberta uma página com a lista de bancos e os juros praticados em cada um deles.

Para ver mais bancos como opções, basta rolar a página até embaixo e clicar em “Ver mais”.

Também é possível buscar pela instituição que o segurado quer pesquisar no alto da página, em “Pesquise por instituição”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Álcool ou gasolina? Veja o que sai mais em contra na hora de abastecer o carro
Bolão feito em Goiânia leva prêmio de 206 milhões da Mega-Sena
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play