Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Botafogo pode sofrer por postagem de torcida com suposto slogan nazista

O Botafogo pode ser punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Antes da partida do último fim de semana contra o Flamengo, pelo Brasileirão, a torcida “Loucos pelo Botafogo” postou em suas redes sociais chamando os torcedores para o clássico e usou o slogan “Antes morto que vermelho”. A postagem foi vista pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI) como adaptado da ofensiva nazista alemã, fez uma notícia de infração disciplinar e a procuradoria do tribunal analisa para dar sequência ao processo.

“Chegou uma notícia de infração proposta pela Associação Brasileira de Imprensa alegando que a torcida organizada do Botafogo “Loucos pelo Botafogo” divulgou no Tweet frase de dilatam nazista: com discurso discriminatório e recorrente na segunda guerra mundial. A procuradoria está analisando”, comentou Ronaldo Piacente, procurador-geral do STJD.

A postagem teve repercussão nas redes sociais na última semana e foi comparada com o slogan “Lieber tot als rot”, que significa melhor morto do que vermelho em tradução livre para o português, usado pela rádio Werwolf durante parte do governo nazista alemão. Para a ABI, a fala da postagem pode ser enquadrada como ato discriminatório dentro do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e o clube pode ser punido em até R$ 100 mil.

Além do slogan nazista, a ABI também entendeu o trecho de outra postagem da torcida como apologia ao ódio. Para a Associação, o post com a frase “Amanhã é guerra”, feito pelos torcedores nas redes sociais, infringe o CBJD e também o Código de Ética da Fifa. Se o STJD entender que essa denúncia também precisa ser punida, o Botafogo pode receber multa de mais R$ 100 mil.

A procuradoria do STJD analisa a notícia de infração disciplinar nos próximos dias e se posicionará sobre o caso. Caso o processo continue, o clube carioca terá que se defender da denúncia.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Câmara dos Deputados aprova urgência para compensação de R$ 27 bilhões a Estados por perdas com ICMS
Tênis: bolas iguais para homens e mulheres geram polêmica no US Open; entenda
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play