Domingo, 25 de fevereiro de 2024

Brasil conquista cinco medalhas no Grande Slam de judô em Israel

Brasil encerrou sua participação no Grande Slam de judô em Tel Aviv, Israel, com cinco medalhas de bronze. As primeiras medalhas vieram no primeiro dia do evento. Natasha Ferreira e Larissa Pimenta conquistaram medalhas no Grand Slam de Tel Aviv, realizado em Israel, nesta quinta-feira. As judocas venceram as disputas pelo terceiro lugar, respectivamente, nas categorias -48kg e -52kg. Dessa forma, elas se sagraram as primeiras atletas brasileiras no pódio da etapa.

A judoca Natasha Ferreira se sagrou a primeira medalhista brasileira em Israel. Contra a norte-americana Maria Celia Laborde, ela aplicou um ippon e garantiu a vitória para o Time Brasil.

Em seguida, Larissa Pimenta venceu a alemã Mascha Ballhaus, golpeando a adversária com um osaekomi para garantir a medalha de bronze. Ela também viu a companheira de equipe Rafaela Silva, campeã olímpica nos Jogos Olímpicos Rio 2016, perder o terceiro lugar para a anfitriã Levy, de Israel, no “golden score”.

Shidos

Na sexta, Daniel Cargnin conquistou o bronze com vitória sobre o campeão mundial Tsend-Ochir, da Mongólia, na categoria -73kg.

O brasileiro venceu quatro lutas na competição. Nos 16avos de final, derrotou o tcheco Khusniddin Karimov e passou, em seguida, pelo mongol Erdenebayar Batzaya nas oitavas. Depois, perdeu para o cubano Magdiel Estrada nas quartas de final, mas pôde disputar o bronze por conta de vitória na repescagem sobre Arthur Margelidon, do Canadá.

Cargnin forçou três shidos durante a briga pelo bronze e derrtou o campeão mundial Tsend-Ochiryn. O adversário se sagrou vencedor do torneio mais importante do judô em Tashkent, no Uzbequistão.

Último dia

No último do torneio, os judocas Leonardo Gonçalves e Rafael Silva, o Baby, foram ao pódio com a medalha de bronze. A primeira medalha veio com Leonardo Gonçalves. O atleta da Sogipa venceu suas duas primeiras lutas, contra o húngaro Zsombor Veg e o georgiano Varlam Liparteliani, prata nos Jogos Olímpicos Rio-2016 e dono de seis medalhas (3 pratas e 3 bronzes) em mundiais. Nas quartas de final, ele foi derrotado pelo holandês Michael Korrel, duas vezes terceiro colocado do Campeonato Mundial e vencedor do Grand Slam de Paris na última semana.

Com a derrota, Leonardo foi para a repescagem e encarou o português Jorge Fonseca, bicampeão mundial (2019-21) e bronze nos Jogos de Tóquio e com nova vitória foi para a disputa do bronze contra o italiano Gennaro Pirelli, superado por imobilização.

A medalha de ouro ficou com o azeri Zelym Kotsoiev, que havia derrotado o também brasileiro Rafael Buzacarini (Pinheiros-SP) na segunda rodada.

Entre os pesados, Baby entrou na briga pelo terceiro lugar da competição diante do sul-coreano Jaegu Youn. O brasileiro venceu a luta por shido. Outro brasileiro na categoria +100kg, João Cesarino encerrou a chave na quinta colocação depois da derrota para o francês Emre Sanal.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Neymar deixa o campo após sofrer lesão mas PSG vence partida do Campeonato Francês com gol de Messi nos descontos
Tênis: Bia Haddad desperdiça match points e leva virada na estreia em Dubai
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play