Domingo, 25 de fevereiro de 2024

Brasil perde para a Hungria e vê chance reduzida de avançar no Mundial de handebol

A seleção brasileira masculina de handebol lutou bastante nesta sexta-feira (20), mas não conseguiu se impor diante da forte equipe da Hungria no Mundial disputado na Polônia e na Suécia. Jogando na cidade sueca de Gotemburgo, o time brasileiro perdeu por 28 a 25 e viu ser reduzida suas chances de se classificar pela primeira vez à quartas de final.

Com seu segundo jogo seguido sem vitória, o Brasil caiu para o quinto lugar do Grupo II, com três pontos. Na chave, com seis seleções, apenas os dois primeiros colocados vão às quartas. Suécia (6 pontos), Portugal (5), Islândia (4) e Hungria (4) estão à frente dos brasileiros no grupo.

Para avançar, o time nacional precisa vencer a Islândia no domingo e torcer por uma improvável combinação de resultados. O grande objetivo da equipe neste Mundial era justamente alcançar a fase de quartas de final pela primeira vez na história da participação brasileira em um Mundial masculino.

Em quadra, diante do bom time da Hungria, o Brasil lutou e oscilou demais. Chegou a ficar em grande desvantagem no placar por duas vezes. Mas, na segunda, não obteve a reação esperada. No primeiro tempo, a equipe húngara construiu uma boa diferença gradualmente. Exibiu até 9 a 3 no marcador.

A situação só mudou quando o técnico Marcus Tatá passou a fazer diversas mudanças na equipe. A principal delas foi colocar em quadra o goleiro Ferrugem, eleito o melhor da partida em dois jogos anteriores da seleção no Mundial. A estratégia deu certo. O Brasil reduziu a vantagem dos europeus e saiu para o intervalo com empate em 14 a 14.

Mas, no segundo tempo, a situação voltou a desandar para os brasileiros. A Hungria abriu nova diferença no marcador e, desta vez, o Brasil não teve forças para buscar a igualdade. Trata-se da segunda derrota do time na competição. Antes, perdera para a anfitriã Suécia.

Gustavo Rodrigues foi escolhido como o melhor jogador do confronto, após marcar quatro gols. Mas o artilheiro brasileiro na partida foi Bryan Monta, com seis. Jean-Pierre Dupoux contribuiu com cinco, enquanto Fábio Chiuffa anotou quatro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

40 anos após a morte, Garrincha terá espaço de destaque em futuro museu do Botafogo
Prisão de Daniel Alves: veja o que já se sabe sobre o caso
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play