Domingo, 21 de julho de 2024

Caxias do Sul receberá voos internacionais de times da Libertadores e Copa Sul-Americana

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou o aeroporto Hugo Cantergiani, de Caxias do Sul (Serra Gaúcha), a receber voos internacionais. O objetivo é viabilizar embarques e desembarques de delegações de Grêmio, Inter e clubes visitantes que participam neste ano das Copas Libertadores e Sul-Americana de futebol.

Válida até 31 de dezembro, a medida é restrita a operações privadas e serviços não regulares de passageiros. É o caso das aeronaves fretadas, por exemplo. Até lá, os dois times porto-alegrenses devem estar com seus respectivos novamente aptos a receber partidas – o que não ocorre desde o final de abril, devido aos estragos pelas enchentes.

Assim que a permissão foi anunciada pelo órgão regulador, o governador gaúcho Eduardo Leite anunciou um repasse imediato de aproximadamente R$ 14 milhões para obras de melhoria no aeródromo de Caxias do Sul.

Situação do Salgado Filho

Os impactos da maior catástrofe climática da história do Rio Grande do Sul mantêm fechado há quase dois meses o Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre – não há previsão de retomada dos pousos e decolagens. Desde então, o terminal caxiense e a Base Aérea de Canoas (Região Metropolitana) têm recebido voos comerciais, mediante esquema emergencial e reduzido em comparação ao período pré-enchentes.

Na primeira quinzena de julho, a unidade da Zona Norte da Capital retomará as operações de embarque e desembarque de passageiros. Conforme anúncio do governo federal nessa sexta-feira (21), os pousos e decolagens serão mantidos na Base Aérea de Canoas, pois ainda não há previsão de reabertura das pistas na capital gaúcha.

A medida abrange somente a parte do terminal de usuários não impactada pelos alagamentos. O transporte até a cidade vizinha (e vice-versa) será realizado por via terrestre, provavelmente por meio de ônibus ou van – a concessionária Fraport Brasil, responsável pela administração da unidade, divulgará os detalhes no dia 8.

Desde 22 de maio, os procedimentos de entrada e saída da cidade por meio de voos comerciais (incluindo o check-in) têm sido realizados em um espaço interno do Park Shopping, na cidade vizinha. O centro comercial está localizado próximo às instalações da Aeronáutica, que terá ampliado de cinco para sete o número de chegadas e partidas – um acréscimo de 70 para 98 operações desse tipo a casa semana.

A ampliação foi possível a partir da instalação de torres de iluminação e revisão da estrutura operacional da Base Aérea. Com isso, serão viabilizadas novas posições para voos noturnos no local. Os novos horários foram validados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Comando da Aeronáutica.

Atualmente, a operação emergencial em Canoas contempla voos realizados pelas companhias Azul, Gol e Latam. A Base Aérea é um dos nove aeródromos escolhidos pelo governo federal para absorver parte da malha aérea que utilizava o Salgado Filho antes da catástrofe climática no Rio Grande do Sul.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Aeroporto Salgado Filho retomará em menos de um mês os embarques e desembarques de passageiros
É falsa a informação de que enchentes em São Leopoldo foram causadas por rompimento de barragem
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play