Domingo, 21 de abril de 2024

Com tantos balões no mundo, os Estados Unidos vão abater todos eles?, pergunta diplomata chinês

O principal diplomata da China, Wang Yi, disse que a forma como os Estados Unidos (EUA) lidaram com o incidente do balão foi inimaginável, histérica, ridícula e um ato absurdo que violou as normas internacionais. “Há tantos balões em todo o mundo, então os Estados Unidos vão abater todos eles?”, disse Wang.

Um suposto balão de vigilância chinês, que Pequim nega ser um equipamento de espionagem, passou uma semana sobrevoando os Estados Unidos e o Canadá antes de ser abatido na costa do Atlântico no início deste mês por ordens do presidente dos EUA, Joe Biden.

Segundo Wang, os EUA foram avisados claramente de que se tratava de um balão civil que desviou de seu curso, indicando que não apresentava nenhum risco de segurança. “Aconselhamos os EUA a não fazer uma coisa ridícula dessas novamente.”

Wang Yi é o diretor do Escritório da Comissão de Relações Exteriores do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCC) e deu essa declaração na Conferência de Segurança de Munique.

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, também está em Munique e existe a possibilidade de um encontro com Wang à margem da conferência de Munique, mas não houve nenhuma reunião confirmada até o início deste sábado.

Antes do incidente do Balão, Blinken tinha uma viagem marcada para a China que foi adiada por tempo indeterminado.

Objetos voadores 

Uma série de objetos voadores foi vista, e uma parte deles foi derrubada na América do Norte. Quatro desses objetos voadores incomuns foram avistados e derrubados por caças dos Estados Unidos. Nos quatro casos, houve violação de espaço aéreo dos EUA e do Canadá.

Os seguintes objetos voadores foram abatidos:

– um balão chinês supostamente usado para espionagem;
– um objeto do tamanho de um carro enquanto voava sobre o Alasca;
– um objeto cilíndrico no Canadá;
– um objeto em forma octagonal em um lago na fronteira entre EUA e Canadá.

Há a suspeita de que outros objetos voadores estejam circulando pelo continente. Segundo o “Washington Post”, dirigentes do governo dos EUA afirmaram que há indícios de que um balão espião chinês teria sido avistado na América Latina e que, provavelmente, um terceiro estivesse operando em algum outro lugar.

Além disso, autoridades da província de Shandong, no leste da China, anunciaram que avistaram um objeto não identificado sobrevoando o mar perto da cidade costeira de Rizhao. Nesta segunda, Pequim informou que também foi espionada por ao menos dez balões norte-americanos ao longo de 2022.

Apesar de o governo americano não ter detalhado o que são os três últimos objetos voadores abatidos, a Casa Branca apontou que não há qualquer indício de relação com atividade de extraterrestes.

Veja, o que se sabe sobre os seguintes objetos voadores:

– Balão chinês;
– Objeto na Colômbia;
– Objeto no Alasca;
– Objeto no Canadá;
– Objeto derrubado no lago;
– Luzes no Uruguai.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Principais centrais sindicais (CUT, Força Sindical e UGT) estão discutindo proposta para regular as relações de trabalho nos próximos dez anos
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo, torna Carlos Bolsonaro réu em ação
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play