Domingo, 21 de abril de 2024

Concerto na Igreja das Dores abre a temporada de música erudita em Porto Alegre

A temporada de música erudita em Porto Alegre será aberta no próximo dia 26 (sábado), às 20h, com um concerto gratuito na Igreja Nossa Senhora das Dores (Rua dos Andradas nº 587, Centro Histórico). Em destaque, a célebre composição em estilo sacro “Petite Messe Solenelle” (“Pequena Missa Solene”), do italiano Gioacchino Rossini (1792-1868), interpretadas com piano, solistas e coral.

Mais conhecido por óperas cômicas com personagens populares, como o barbeiro Fígaro, Rossini também escreveu peças sérias e de cunho sacro. É o caso da “Petite Messe Solenelle”, com texto extraído de partes da liturgia católica e a valorização de nuances de estilo.

A adaptação criada pelo projeto Sacra Harmonia conta com a presença de um harmônio – espécie de órgão com dimensões mais compactas. E a combinação do instrumento com vozes individuais e coletivas envolve alto grau de complexidade técnica.

A tarefa entregue ao grupo vocal ProVox, liderado pela soprano Elisa Machado. O maestro André Delair comandará 27 músicos que, além da formação coral, inclui o pianista Rodolfo Wulfhorst, o organista Leandro Ludwig os cantores líricos Carol Braga  (mezzosoprano), Roger Scarton (tenor) e Francis Padilha (barítono), além da já mencionada Elisa Machado.

Reinauguração de piano

A apresentação não consiste apenas no início de uma programação de obras pianísticas a serem apresentadas na Basílica Nossa Senhora das Dores ao longo deste ano. Também envolve a reinauguração de um piano de cauda doado à instituição em 2021.

Na ocasião, o projeto Sacra Harmonia, em conjunto com o Instituto Hugo de São Vítor, organizou um concerto beneficente destinado à obtenção de recursos para a restauração do instrumento – diversos cantores atuaram sem cachê, por compreenderem a importância de tal contribuição a uma igreja que sempre acolheu projetos musicais.

O texto de divulgação ressalta que a direção da basílica e seu pároco, padre Lucas Matheus, não mediram esforços com esse objetivo. Ressalta, ainda, o impacto da presença de um piano de qualidade em um local que oferece condições favoráveis a atrações com esse perfil:

“Ampliam-se as opções de salas de concerto e a variedade do repertório na capital gaúcha. Dessa forma, um maior número de artistas conta com oportunidades de realizar seus projetos e mais um espaço cultural é oferecido à cidade, ampliando as opções culturais ao público.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Fim de semana será de tempo firme e temperaturas amenas no Rio Grande do Sul
Porto Alegre tem diversas opções gratuitas de lazer para quem fica na cidade durante o Carnaval
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play