Quarta-feira, 18 de maio de 2022

loader

Crianças e adolescentes com problemas de visão recebem óculos gratuitamente em Porto Alegre

Um programa da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Porto Alegre está fornecendo exames oftalmológicos e óculos, de forma gratuita. para crianças e adolescentes com dificuldade de visão. Desde abril, duas ações da iniciativa contemplaram ao menos 35 gurias e gurias, das mais variadas regiões da cidade.

A terceira mobilização está em andamento, com 40 beneficiados. Nesta sexta-feira (24), eles são aguardados no Centro de Saúde Santa Marta (rua Capitão Montanha quase esquina com avenida Mauá, no Centro Histórico), para a escolha da armação dos óculos, que devem estar prontos em um prazo de 30 dias.

Denominada “Porto Olhar Alegre”, a ação conta com recursos no âmbito do Programa Saúde na Escola (PSE), do governo fedeal. A partir de licitações realizadas anualmente, a ótica vencedora confecciona modelos e tamanhos variados, de acordo com a adequação para cada faixa etária.

A triagem é realizada pelos postos de saúde com alunos de escolas públicas municipais e estaduais da capital gaúcha conveniadas à iniciativa. Para obter os óculos, pais ou responsáveis devem procurar a unidade de saúde de referência, conforme o endereço de moradia, a fim de solicitar a avaliação oftalmológica.

Conforme pesquisa feita em abril e junho pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia, sete de cada dez oftalmologistas entrevistados identificaram progressão da miopia em crianças durante a pandemia de coronavírus. A “saúde ocular” está entre as prioridades do PSE, por causa da maior exposição das crianças às telas de celulares e computadores.

Comunidades carentes da Zona Sul recebem donativos

Nesta quinta-feira (23), 2010 famílias dos bairros Nonoai e Vila Nova (Zona Sul) receberam alimentos, cobertores e produtos de higiene pessoal. Os itens foram doados pelo movimento solidário “Poa que Cuida”, coordenado pelo gabinete da primeira-dama municipal, Valéria Leopoldino.

A ação faz parte do projeto “Gabinete Itinerante” que tem por objetivo uma maior aproximação com segmentos populacionais em situação de vulnerabilidade social. Valéria ressalta:

“É muito mais do que levarmos doações, mas nos colocarmos dentro da situação difícil na comunidade, escutarmos, abraçarmos e encaminharmos alguma demanda, mesmo que sejam somente algumas horas naquele lugar tão especial”.

Desta vez, foram contempladas famílias da comunidade Condomínio Cristal (Vila Nova) e vinculadas à Associação Mestre Macedinho (Nonoai). A ação contou com o apoio da Equipe de Ações Preventivas e Comunitárias da Guarda Municipal, que disponibilizou os veículos para o transporte e entrega das doações.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de adolescente

Confira 40 países abertos ou que anunciaram reabertura para viajantes brasileiros
Veja o que pode mudar na lei federal sobre os brasileiros que se aposentaram por incapacidade permanente, incluindo acidentes de trabalho
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play