Sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

loader

Custo da construção civil tem maior alta em Porto Alegre

O INCC-M (Índice Nacional de Custo da Construção – M), calculado pelo FGV Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas), subiu 0,56% em setembro, repetindo a taxa do mês anterior.

Com isso, o indicador acumula alta de 11,99% no ano e de 16,37% em 12 meses. Quatro capitais apresentaram queda em suas taxas de variação: Brasília, Belo Horizonte, Belo Horizonte, Recife e São Paulo. Já Porto Alegre apresentou acréscimo em suas taxas somando uma alta de 1,68%, a mais alta entre as capitais pesquisadas, contra 0,49% em agosto.

Em setembro de 2020, entre as capitais pesquisadas, o índice havia subido 1,15% no mês e acumulava alta de 5,01% em 12 meses. A taxa do índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços passou de 1,10% em agosto para 0,83% em setembro.

No grupo Materiais, Equipamentos e Serviços, a taxa correspondente a Materiais e Equipamentos variou 0,89% em setembro, após alta de 1,17% no mês anterior. Três dos quatro subgrupos componentes apresentaram decréscimo em suas taxas de variação, destacando-se materiais para estrutura, cuja taxa passou de 1,05% para 0,78%.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de construção civil

Promotor diz que “foco é investigar se houve homicídio”, sobre caso da Prevent Senior
BR-116 terá interrupção total em São Leopoldo, no Vale do Sinos, a partir de quinta-feira
Pode te interessar

sem nada para mostrar

Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play