Sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Diretor da Caixa Econômica Federal é encontrado morto na sede do banco, em Brasília

O diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa Econômica Federal, Sérgio Ricardo Faustino Batista, foi encontrado morto na sede do banco, em Brasília, na noite de terça-feira (19).

Segundo a Polícia Civil, o caso é tratado inicialmente como suicídio. Não foram divulgados detalhes da morte. “O caso segue em apuração, preliminarmente tipificado como suicídio, em razão da vítima ter sido encontrada já sem vida no lado externo do prédio sede da Caixa Econômica Federal”, afirmou a corporação nesta quarta-feira (20).

Em nota, a Caixa manifestou pesar pela morte e disse que está contribuindo com as investigações. “Nossos sinceros sentimentos aos amigos e familiares, aos quais estamos prestando total apoio e acolhimento. O banco contribui com as apurações para confirmar as causas do ocorrido”, disse a instituição financeira.

Batista era funcionário de carreira da Caixa. Ele começou a trabalhar no banco em 1989 e assumiu a Diretoria de Controles Internos e Integridade por meio de um processo seletivo em março de 2022.

Para essa diretoria, são encaminhadas todas as denúncias, de qualquer tema, recebidas pelo canal de atendimento criado pela Caixa, entre elas as de assédio sexual, como as que levaram à demissão do ex-presidente do banco Pedro Guimarães, que nega as acusações.

Antes de se tornar diretor, Batista foi um dos assessores estratégicos de Guimarães. O celular do diretor foi recolhido pela Polícia Civil.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Aberta licitação para pintura e recuperação do Paço Municipal, em Porto Alegre
Autoridades chinesas arrombam residências à procura de pessoas infectadas pelo coronavírus
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play