Sexta-feira, 01 de julho de 2022

loader

Duas mortes por covid foram contabilizadas em 24 horas no Rio Grande do Sul. O total de óbitos no Estado supera os 35 mil

O Rio Grande do Sul registrou a morte de duas pessoas em decorrência de complicações do coronavírus e 438 novas infecções neste domingo (24). Com estes números, o Estado chega ao total de 35.328 mortes por coronavírus e 1.457.796 casos confirmados da doença.

As informações são da Secretaria Estadual da Saúde (SES), que atualizou o boletim sobre a pandemia referente as últimas 24 horas.

Ainda conforme a Saúde do Rio Grande do Sul, do total de pessoas contaminadas, já se recuperaram da doença 1.414.379 (97% dos casos). Outras 7.993 (1%) pessoas seguem em acompanhamento.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI em geral é de 57,8% (1.907 pacientes em 3.301 leitos em unidades de tratamento intensivo).

Desde o início da pandemia, 8% de 1.457.796 necessitaram hospitalização por síndrome respiratória aguda grave (SRAG), o que corresponde a 111.316 pessoas no Rio Grande do Sul.

Os municípios de residência das vítimas do coronavírus neste domingo são Uruguaiana, com a perda de um homem de 76 anos, e Viamão, que informou a morte de uma mulher de 65 anos.

Dose de reforço em Canoas

As unidades de saúde estarão mobilizadas nesta segunda-feira (25) para aplicar a dose de reforço (terceira dose) da vacina contra o coronavírus para idosos acima de 60 anos que receberam a segunda dose (de qualquer imunizante) até 25 de abril. Também podem se vacinar os imunossuprimidos que completaram o esquema vacinal (duas doses ou dose única) há, no mínimo, 28 dias.

A aplicação estará disponível nos 27 postos de saúde, das 8h às 17h, e na Central de Vacinas, localizada na Estação Canoas, da Trensurb, das 7h às 19h. A distribuição de senhas se encerra 15 minutos antes do fechamento dos locais.

O município aguarda a chegada de novas doses para ampliar o público apto a receber a dose de reforço. Por isso, neste momento, não ocorre a aplicação para profissionais de saúde que atuam fora de hospitais.

Central de Vacinas – Os canoenses que já puderem se vacinar, de acordo com o cronograma divulgado pela Prefeitura, e que não conseguirem comparecer aos postos de saúde nas datas de imunização disponibilizadas, poderão procurar a Central de Vacinas em qualquer dia da semana. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, em horário ampliado, das 7h às 19h.

Serviço:

– O quê: Dose de reforço (3ª dose).

– Público: idosos com 60 anos ou mais que receberam a 2ª dose (de qualquer imunizante contra a Covid) até 25/4 e imunossuprimidos que completaram o esquema vacinal (duas doses ou dose única) há, no mínimo, 28 dias.

– Documentação: todos devem apresentar documento de identidade com foto e carteirinha de vacinação. Para os imunossuprimidos, será exigido também atestado médico e, nos casos em que houver necessidade de comprovação do uso de remédios, a receita da medicação.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de coronavírus

Natal Luz em Gramado começa na quinta-feira
Pelo menos duas mil pessoas privadas de liberdade realizam provas do Encceja no Rio Grande do Sul
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play