Domingo, 05 de dezembro de 2021

loader

Em concerto com a Ospa neste sábado, Kleiton e Kledir comemoram 40 anos de carreira da dupla

A comemoração estava marcada para março de 2020, mas a pandemia obrigou os pelotenses Kleiton & Kledir a uma espera de 20 meses para se apresentar com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre em um show de 40 anos da carreira como dupla, após o sucesso com o grupo Os Almôndegas na segunda metade da década de 1970.

Pois o momento chegou: será às 17h deste sábado (6), em um concerto repleto de hits em arranjos inéditos. A apresentação será na Casa da Ospa, localizada no Centro Administrativo Fernando Ferrari: avenida Borges de Medeiros nº 1.501, no bairro Praia de Belas.

Ao lado de Kleiton (voz, violão e violino) e de Kledir (voz e violão), estarão Rick de la Torre (bateria), André Gomes (baixo) e Dudu Trentin (piano). Trentin também assina os arranjos das músicas para a orquestra e a peça “Abertura Instrumental Kleiton e Kledir”, composta especialmente para este concerto com inspiração no repertório da dupla.

Além de mergulhar na história de Kleiton & Kledir, a Ospa interpreta também “Episódio Sinfônico”, do compositor brasileiro Francisco Braga (1868-1945).

Fundindo a música de concerto com a música popular, o espetáculo promete um panorama da carreira da dupla, desde o primeiro sucesso, “Vento Negro”, clássico dos Almôndegas escrito por José Fogaça, passando pelos sucessos “Maria Fumaça”, “Deu pra Ti” e “Vira Virou”, até a música mais recente, “Paz e Amor”, lançada em 2020 como single em conjunto com o MPB4.

“Neste último ano, vi as pessoas muito angustiadas, sofrendo perdas, mas no meio dessa loucura de pandemia, enxergamos muitos movimentos de solidariedade, ajuda, que nos encheram de esperança. É disso que a canção fala”, explica Kledir.

O repertório inclui, ainda, “Estrela Estrela” (do irmão Vitor Ramil) e até mesmo uma música infantil, “Bicho Gente”, do projeto “Par ou Ímpar”. As canções foram escolhidas a dedo, dentro do vasto repertório da dupla, que atravessa gêneros musicais como rock, pop, regional e erudito.

A regência é do maestro e diretor artístico da instituição, Evandro Matté. O ingresso pode ser trocado por 1 quilo de alimento não perecível. Para quem não conseguir entrada, o jeito vai ser acompanhar a transmissão ao vivo pelo canal da orquestra no site de vídeos Youtube.com, com ótima qualidade de áudio e imagem.

Retomada

O espetáculo marcará o primeiro encontro de Kleiton & Kledir com o público depois do início da pandemia. A dupla cancelou uma série de apresentações e até agora não havia retomado os shows presenciais. E a expectativa de Kledir é grande:

“Para nós, há um componente a mais: cursamos composição e regência na UFRGS e algumas das nossas melhores lembranças são dos ensaios da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. Às vezes, a gente passava a tarde inteira assistindo com as partituras em mãos, estudando. Foi algo precioso”, lembra o músico, que também estudou flauta na Escola da Ospa.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

No encerramento de conferência da ONU, governador gaúcho ressalta que o Estado fará sua parte no combate às mudanças climáticas
Velório de Marília Mendonça terá segurança reforçada e cortejo em Goiânia
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play