Terça-feira, 18 de junho de 2024

Frota do Samu em Porto Alegre ganha 12 novas ambulâncias

Nessa segunda-feira (8), a frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Porto Alegre recebeu 12 novas ambulâncias. A prefeitura investiu R$ 4,8 milhões, incluindo R$ 3,6 milhões na aquisição dos veículos e o restante para compra de equipamentos. O objetivo é qualificar o serviço e ampliar seus recursos tecnológicos.

A capital gaúcha conta agora com 18 ambulâncias, sendo três veículos de suporte avançado (conhecidos como “UTI Móvel”) e 15 de suporte básico. Os modelos agora acrescentados contam com compressor mecânico, eletrocardiograma (ECG), videolaringoscópios e aparelhos de ultrassom, dentre outros itens destinados a atendimentos de urgência e emergência.

Com a ampliação, o Samu poderá manter dez veículos-reserva, assegurando assim a continuidade do serviço de forma ininterrupta. São necessários R$ 45 milhões ao ano para manutenção do serviço, sendo que 60% (R$ 27,7 milhões) são de responsabilidade do município para custeio, investimento e administração de pessoal.

Uma das novas ambulâncias foi equipada com a mais avançada tecnologia disponível, fortalecendo a estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS) e ampliando o atendimento de urgência e emergência à população.

Desde o início do ano, o Samu de Porto Alegre recebeu mais de 60 mil ligações, efetuou 25 mil regulações médicas e mais de 18 mil atendimentos nas ruas. As equipes reduziram o tempo resposta a emergências severas em 30%, segundo dados de março.

O serviço também desenvolve um projeto junto ao Ministério da Saúde para o treinamento da população em atendimento de PCR com geolocalização desses voluntários, além da aquisição de 140 desfibriladores externos automáticos (DEAs), hoje disponíveis em farmácias Panvel e São João. “Nenhuma cidade brasileira tem tamanha cobertura de equipamentos”, garante a administração municipal.

Na semana passada, o Samu foi colocado à disposição para realizar transferência de pacientes para seus municípios de origem, com objetivo de desafogar as emergências de Porto Alegre. Ainda conforme a prefeitura, a medida “é uma forma de contribuir com o governo estadual na redefinição dos protocolos de contra-referência dos atendimentos de urgência”.

Com a palavra…

A entrega foi realizada durante cerimônia no Paço Municipal (Centro Histórico) com as presenças do prefeito Sebastião Melo, do titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Fernando Ritter, além de outras autoridades. Conforme o Executivo da capital gaúcha, desde 2018 não era providenciado esse tipo de renovação. Melo discursou:

“O Samu é um serviço muito querido da nossa cidade e precisa estar bem preparado para atender a todos, sem distinção. Ninguém deseja precisar de uma chamada emergencial, mas se for necessária certamente as condições de a atendimento são melhores quando se tem um carro novo, com equipamentos atualizados e tecnologia de ponta”.

Secretaria Municipal de Saúde está incorporando novos compressores mecânicos, eletrocardiógrafos e respiradores. Seu titular, Fernando Ritter, ressalta: “A melhoria na capacidade tecnológica em saúde faz com que o Samu se estabeleça como um dos serviços mais avançados do país em termos de tecnologia e qualidade de equipamentos”.

“A conquista que celebramos hoje é fruto de muitas mãos e estamos prontos para melhorar ainda mais o serviço prestado à comunidade”, explica o coordenador do Samu, Fabiano Barrionuevo. Na mesma linha, o coordenador municipal de urgências, Paulo Bobek, destaca a melhora nos atendimentos, com tempo de resposta mais rápidos e redução na mortalidade dos pacientes.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Procuradoria-Geral da República se manifesta contra pedido de liberdade de Robinho
Liberação total da avenida Tronco altera itinerários de ônibus na Zona Sul de Porto Alegre
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play