Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Hamas apela para a ONU contra ataques de Israel no sul da Faixa de Gaza

O Hamas alertou neste sábado (10) contra os ataques à cidade de Rafah, no sul de Gaza. O apelo à Organização das Nações Unidas (ONU) e a outras organizações intergovernamentais visa o impedimento das operações de Israel na região. Conforme o grupo, o governo do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu está conduzindo “com o objetivo de deslocar o povo palestino”.

“Alertamos para o perigo de a ocupação cometer massacres generalizados e horríveis na cidade de Rafah”, disse o Hamas num comunicado publicado no Telegram, observando que a cidade abriga mais de um milhão de palestinos deslocados “que vivem em condições precárias”.

De acordo com os números das Nações Unidas, estima-se que mais de 1,3 milhões de pessoas estejam em Rafah, a maioria deslocadas de outras partes de Gaza.

Netanyahu instruiu os militares a planejarem a “retirada da população” de Rafah. Na sua declaração, o Hamas pediu para a Liga dos Estados Árabes, a Organização de Cooperação Islâmica e o Conselho de Segurança da ONU “tomarem medidas urgentes e sérias” para evitar ataques em Rafah.

O Hamas também acusou o governo dos Estados Unidos de continuar a fornecer armas a Israel, mesmo quando as autoridades americanas levantaram preocupações sobre uma potencial expansão das operações militares israelenses na cidade mais ao sul de Gaza.

Um porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos disse quinta-feira (8) que os EUA não apoiariam uma operação militar israelense em Rafah “sem um planejamento sério”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Visando manter a liderança do Campeonato Gaúcho, Grêmio recebe o São Luiz na Arena
Litoral Norte gaúcho tem todos os pontos próprios para banho neste carnaval
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play