Terça-feira, 25 de junho de 2024

Hospitais de Passo Fundo recebem equipamentos da Secretaria Estadual da Saúde

O governador Eduardo Leite e a titular da Secretaria Estadual da Saúde (SES), Arita Bergmann, participaram em Passo Fundo (Norte gaúcho) das cerimônias de entrega oficial de novos equipamentos a dois hospitais da cidade: o de Clínicas e o de Olhos Dyógenes A. Martins Pinto Lions.

No primeiro foram investidos R$ 2,6 milhões em recursos estaduais para compra de um aparelho de angiografia e hemodinâmica. Já para o segundo, um aporte de R$ 1 milhão tem como foco a aquisição de equipamentos para cirurgias oftalmológicas.

Utilizados no diagnóstico e tratamento de disfunções neurológicas, endovasculares e cardiológicas, o aparelho de angiografia e hemodinâmica é o terceiro equipamento em funcionamento no Centro de Hemodinâmica do Hospital de Clínicas. A instituição é referência para quatro Coordenadorias Regionais de Saúde, abrangendo uma população de cerca de 1,6 milhão de pessoas.

O serviço conta com tecnologia e equipe qualificada para cirurgias minimamente invasivas nas especialidades cardíaca, vascular e neurológica.

Além de operações vasculares e endovasculares, angioplastias, cateterismos e procedimentos neurológicos relacionados a aneurismas e acidentes vasculares cerebrais (AVC), o equipamento oferece tecnologia para o Implante Percutâneo de Válvula Aórtica (Tavi) – que permite troca da válvula aórtica sem a necessidade de abertura do tórax.

O Hospital de Clínicas também contou com R$ 5,8 milhões do Estado para obras de ampliação e reforma dos setores de diálise, pediatria, Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), maternidade e internação clínica e cirúrgica, que foram visitados pelo governador e pela secretária. Com a nova estrutura e equipamentos, o hospital projeta um aumento de 40% na capacidade de atendimentos de média e alta complexidade.

Hospital de Olhos

A Secretaria Estadual da Saúde investiu R$ 1 milhão no Hospital de Olhos que adquiriu um microscópio cirúrgico para cirurgias oftalmológicas e um vitreófago, utilizado em cirurgias de catarata e vitrorretinianas.

O microscópio fornece uma melhor visualização para todos os tipos de cirurgias oftalmológicas, tanto de câmera interior (catarata, glaucoma e blefaroplastias, entre outras) quanto de câmara posterior (vitrectomia). As imagens são exibidas em alta definição, tornando as cirurgias mais precisas e seguras.

Já o vitreógrafo permite correções automáticas por meio de um software de última geração e a realização de cirurgias menos invasivas e mais seguras. Ele é aplicada em cirurgias de descolamento de retina, hemorragias intraoculares e de catarata.

“Essas aquisições tornam as cirurgias cada vez mais automatizadas e dependem menos da interferência humana, potencializando a segurança do paciente”, ressalta a SES. “Por isso, a nova tecnologia possibilita a realização de um maior número de procedimentos cirúrgicos com um alto grau de segurança e resolutividade.”

A instituição é referência em saúde da visão para toda a macrorregião Norte do Estado e dobrou a capacidade de atendimentos, podendo realizar cerca de 500 cirurgias mensais.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Alunas de escolas estaduais já podem se inscrever no programa de futebol feminino da prefeitura de Porto Alegre
Mulher é condenada a pagar indenização à sobrinha por ofensas racistas em grupo de WhatsApp da família no RS
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play