Quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

loader

Iza: “Só não gosto de me ouvir na hora de namorar”

Iza, 31 anos de idade, vai apresentar o Prêmio Multishow 2021, que será realizado no dia 8 de dezembro, ao lado de Tata Werneck e fará uma performance com Mariah Nala para celebrar a trajetória de Paulo Gustavo (1978-2021). O humorista será um dos homenageados da edição, assim como Cássia Eller (1962-2001) e Marília Mendonça (1995-2021).

“Paulo Gustavo sempre me ajudou muito. Ele orientava, dava dicas e, ao mesmo tempo, ensinava o quanto era importante estender a mão e dar espaço a novos artistas”, afirma a cantora, que integra o time de técnicos do talent show The Voice Brasil, na TV Globo.

Com a morte de Marília, vítima de um acidente aéreo em novembro, Iza, Ivete Sangalo, Luisa Sonza e Anitta abriram mão da disputa da categoria Cantora do Ano para que Marília fosse eleita. Dona Ruth, mãe da sertaneja, subirá ao palco para receber o troféu.

Iza fala ainda sobre a importância da representatividade negra em premiações como esta. “Como uma mulher preta, não tenho como não reparar que sinto falta de me ver nos lugares. Somos plurais, somos muitos. É um passo dado, mas ainda precisamos fazer muito para que a gente possa falar sobre igualdade, sobre diversidade, sobre se enxergar. De qualquer forma, é uma conquista muito legal e feliz em fazer parte deste momento.”

Sobre musicoterapeuta na família, Iza falou: “Isso me ajudou muito a entender que a música vai além das palavras. A música cura, salva e ainda é minha maior diversão depois de um dia estressante ou quando estou chateada. Até hoje, uma das coisas que mais gosto de fazer é pegar uma escova na frente do espelho, fingir que estou com um microfone e começar a cantar. Acho que seria muito frustrada se não trabalhasse com música. É a parada que mais gosto de fazer. A música tem o poder de tocar a gente e educar com ternura. Quando você gosta de uma música, você a repete como se fosse um mantra. A música conecta as pessoas. Ela faz você vibrar, faz você chorar. Que bom que existe música e que bom que meu emprego é esse. Que bom que a gente pode ouvir música para chorar, para dançar, para namorar… Eu só não gosto de me ouvir na hora de namorar (risos). De resto, viva a música.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Música

Will Smith ganha primeiro prêmio prévio e sai na frente em corrida pelo Oscar
Eliana renova bronzeado à beira da piscina de casa
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play