Sábado, 13 de abril de 2024

Ministro das Relações Exteriores diz que o Brasil não enviará munição à Ucrânia

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, reiterou a mais de 40 líderes mundiais que o Brasil não enviará à Ucrânia munição para tanques. A declaração foi dada durante a 59ª Conferência de Segurança de Munique, na Alemanha.

Na avaliação do governo brasileiro, a medida seria entendida como uma participação do Brasil na guerra da Ucrânia contra a Rússia. “Em vez de participar de uma guerra, preferimos falar de paz”, disse o chanceler na sexta-feira (17).

Vieira enfatizou a disposição do País de participar de uma mediação para se chegar a uma trégua e depois negociar a paz. “O Brasil está pronto para ajudar sempre que possível”, afirmou.

Criada em 1962, a Conferência de Segurança de Munique se tornou um dos principais foros globais de discussão e reflexão sobre os desafios à paz e à segurança internacional.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Supremo mantém suspensão do porte e apreensão de armas da deputada federal Carla Zambelli
Estudantes do ensino fundamental da rede municipal voltam às aulas na quarta-feira em Porto Alegre
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play