Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Novo smartphone da Huawei desafia conexão do iPhone

O mais recente smartphone da Huawei Technologies demonstra claramente velocidades sem fios semelhantes às dos mais recentes iPhones da Apple em vários testes, à medida que vão surgindo mais pormenores sobre um gadget considerado um avanço chinês apesar das sanções tecnológicas dos Estados Unidos.

Testes do novo modelo carro-chefe de mais de US$ 900 da Huawei mostram largura de banda semelhante a outros telefones 5G. Isso se alinhava com postagens de blog e vídeos nas redes sociais chinesas que afirmavam que o dispositivo vinha com recursos 5G.

O gadget, que foi colocado à venda nesta semana sem a fanfarra típica de um lançamento de produto, alimentou o fervor patriótico, pois foi visto como representando a capacidade da China de contornar as sanções dos EUA.

A empresa sediada em Shenzhen tem ficado no centro da intensificação das restrições comerciais dos EUA às empresas chinesas, que as autoridades norte-americanas dizem basear-se em preocupações de segurança nacional.

O Mate 60 Pro atingiu velocidades superiores a 350 Mbps ou megabits por segundo em testes efetuados na rede da China Mobile em Hong Kong. Vídeos publicados no serviço social Weibo mostraram o aparelho a aproximar-se dos 1Gbps ou gigabit por segundo.

Ainda não se sabe quais os chips Huawei utilizou no seu smartphone, um componente essencial para a conectividade sem fios.

Analistas da Sanford C. Bernstein, incluindo Mark Li, disseram que as desmontagens sugerem que as velocidades foram alcançadas com embalagens avançadas e outras etapas que podem levar a um consumo extra de energia. Os chips podem ter custos mais elevados do que o silício comparável disponível fora da China, mas Huawei pode simplesmente absorver as despesas adicionais, escreveram.

Os analistas do Berenberg Tammy Qiu e Meha Pau disseram acreditar que o principal fabricante chinês de chips, a Semiconductor Manufacturing International, fabricou o chip de rádio com base em 14 nm ou tecnologia mais avançada.

A Huawei disse que o Mate 60 Pro é “o modelo Mate mais poderoso de sempre”, mas recusou-se a comentar as especificações do seu processador ou onde e quando foi fabricado. A sua interface, baseada no Harmony OS da Huawei, omite a menção da norma sem fios.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Estudante acha crânio de baleia de 34 milhões de anos
Herança de Mussum é motivo de briga; relembre outros casos
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play