Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

loader

Número de abigeatos no Rio Grande do Sul é o menor da série histórica

A queda da criminalidade que ocorre nas cidades também é perceptível no campo. O Rio Grande do Sul, que segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) tem o sétimo maior rebanho bovino do País, com mais de 11 milhões de cabeças, teve redução de 14,3% no número de abigeatos em outubro – de 391 casos no ano passado para 335 neste ano, o menor total desde 2012, quando teve início a contabilização. Os dados foram divulgados pela SSP (Secretaria da Segurança Pública) nesta quinta-feira (11).

A soma desse tipo de crime do meio rural é também a menor já registrada quando observado o período acumulado entre janeiro e outubro. Nos 10 meses de 2021, houve 4.373 ocorrências contra 4.413 no mesmo intervalo do ano passado (-0,9%).

O resultado é fruto das apurações qualificadas realizadas pelas Decrabs (Delegacias de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato), que tiveram suas competências regionais reorganizadas e ampliadas por meio de decreto assinado durante a 44ª Expointer, no início de setembro.

Até então, as quatro Decrabs existentes no Estado – Bagé, Santiago, Camaquã e Cruz Alta – atendiam apenas os territórios específicos das Delegacias Regionais às quais estavam ligadas. Agora, passarão a atender todo o Estado, que será dividido em quatro macrorregiões.

Para essa nova divisão, a Decrab de Santiago passa a funcionar no município de Alegrete. As outras três permanecem nas cidades onde estão, mas também ampliam a sua competência, de forma a cobrir toda a extensão do território gaúcho.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Rodovias entre Arroio Grande e Herval recebem obras de recuperação
Jogos: eles vão invadir sua empresa
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play