Sábado, 13 de abril de 2024

Número de leitos de UTI pelo SUS cresceu 34,8% no Rio Grande do Sul

Depois de quase três anos após o início da pandemia da Covid-19, o número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pelo SUS (Sistema Único de Saúde) cresceu 34,8% no Rio Grande do Sul. Segundo dados, em fevereiro de 2020 o Estado contava com 933 vagas de terapia intensiva na rede pública e agora são 1.258.

O Rio Grande do Sul ainda obteve também um acréscimo na quantidade de respiradores disponíveis e de profissionais atuando em diferentes instituições de saúde. Especialistas da área consideram o saldo positivo, mas ainda insuficiente para atender toda a demanda das redes pública e privada.

As 933 vagas de UTI do SUS foram contabilizadas pela Secretaria Estadual de Saúde em fevereiro de 2020. Em março, com o avanço da pandemia, os hospitais precisaram iniciar a abertura de novos leitos. A partir do avanço da vacinação contra a Covid-19, contudo, os casos graves começaram a reduzir e, consequentemente, o número de internações também.

Equipamentos 

A ampliação dos leitos também refletiu no número de equipamentos e profissionais distribuídos pelas instituições de saúde gaúchas. Conforme a Secretaria Estadual de Saúde, os hospitais possuíam 3.286 respiradores até maio de 2020. Hoje, são 4.521 — um incremento definitivo de 37,5%, ou mais de 1,2 mil equipamentos, na rede SUS.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Governo federal vai adiar o prazo da lei de saneamento e dar alívio para os municípios
Mais 97 mil doses de vacina bivalente contra o coronavírus serão distribuídas a partir desta quinta-feira no RS
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play