Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

loader

Pesquisa da CDL POA aponta que a maioria dos gaúchos deverá gastar mais de R$ 300 na Black Friday

A Black Friday, liquidação de origem norte-americana consolidada no Brasil, pode ser considerada um rito de passagem para o final do ano, época em que as pessoas costumam comprar. De acordo com o estudo “Black Friday – Um novo ciclo de oportunidades para transformar ações digitais em negócios”, realizado pela CDL POA, em parceria com a Vitamina Pesquisas, 43% dos entrevistados priorizam as compras de fim de ano no Natal, entretanto, 17% já preferem comprar durante a Black Friday, e 18% compram em ambas as datas.

O estudo conecta a data às transformações digitais dos negócios impulsionadas pela pandemia e traz insights para lojistas e consumidores para melhor aproveitamento da Black Friday. A pesquisa aponta um cenário de melhora, com uma perspectiva mais positiva do consumidor: a grande maioria (69%) está otimista e acredita que 2021 terá um fim de ano melhor do que 2020. O novo ciclo para o varejo vem marcado pelo desejo de resgatar, construir e experimentar.

Para o presidente da CDL POA, Irio Piva, as compras da Black Friday 2021 não são mais sobre uma adaptação à pandemia, mas sobre a vida que as pessoas querem resgatar, construir e viver. É o início de um novo ciclo. “As motivações por trás desse desejo misturam as necessidades de renovação com a consolidação dos laços com a casa e, ao mesmo tempo, a vontade da retomada da rua, um momento simbólico”, resume o dirigente.

Diferentemente de 2020, a maior parte das pessoas (62%) encara a Black Friday 2021 como uma boa oportunidade de consumo, mas sem grande expectativa ou planejamento prévio. O consumidor está aproveitando a data para comprar itens de necessidade ou de desejo com melhor preço. Metade dos entrevistados (52%) ainda não sabe ao certo o valor que irá gastar. Dentre os consumidores que já estão organizados para a data, a maior parte gastará acima de R$ 300. Produtos de vestuário são os favoritos desse público, com 43% da preferência, em uma grande oportunidade para o setor que foi um dos que mais sofreu na pandemia. Na sequência, aparecem artigos para casa (40%), eletrônicos (26%) e entretenimento (16%).

A liquidação que, no Brasil, nasceu na internet, se consolida com a aceleração digital ocasionada pela pandemia, o ciclo de compra passa pela descoberta de novos produtos no online, mas é indispensável um bom atendimento e o suporte ativo para o sucesso de uma jornada de compra que não é mais linear. Conhecer os desejos do consumidor é indispensável.

O presidente da CDL POA enfatiza que a Black Friday se destaca com a oportunidade que abre as vendas de fim de ano: “a Campanha aproxima lojistas e consumidores, oferecendo excelentes oportunidades de compras em um momento determinante para o varejo e para o cenário em geral”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Saiba como consultar se você tem direito ao Cartão Cidadão do Devolve ICMS
Anvisa cobra do Ministério da Saúde os dados que embasaram decisão de aplicar dose de reforço no País
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play