Sábado, 22 de janeiro de 2022

loader

Porto Alegre lidera ranking de Cidades Amigas da Internet entre as capitais

Porto Alegre está no topo do ranking de Cidades Amigas da Internet entre as capitais brasileiras pelo terceiro ano consecutivo. O reconhecimento é concedido a municípios que apresentam leis modernas capazes de facilitar os processos de licenciamento para a instalação de antenas e infraestrutura de telecomunicações.

A Capital se mantém em primeiro lugar devido à implementação da Lei Complementar 838/2018, regulamentada pelo decreto 20.215/2019, que instituiu o autolicenciamento para a instalação das antenas por parte das empresas de telefonia. Com a medida, o prazo médio de licenciamento baixou de dois anos para um dia. Além da legislação simplificada, o município também prevê a instalação de antenas nas placas de rua e nos mais de 100 mil pontos de iluminação pública.

O secretário municipal do Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade, Germano Bremm, que liderou o processo de modernização da lei, garante que Porto Alegre está preparada para receber a tecnologia 5G, prevista para chegar às capitais em 2022.

“Nossa cidade está pronta, do ponto de vista de infraestrutura, para receber a nova tecnologia 5G, que deve ser leiloada em novembro. Em breve, a prefeitura vai oferecer um sistema automatizado para expedir o licenciamento das antenas na hora. Será mais um grande passo para nossa cidade reafirmar sua vocação de cidade do futuro, oferecendo internet rápida ao cidadão e trazendo investimentos ao município”, afirma Bremm.

O ranking, realizado pela Telebrasil (Associação Brasileira de Telecomunicações) e pela Abrintel (Associação Brasileira de Infraestrutura para Telecomunicações), em parceria com a consultoria Teleco, tem ainda Curitiba em segundo lugar e Fortaleza em terceiro. Entre as cidades pesquisadas, Uberlândia (MG) ficou em primeiro, São José dos Campos (SP) em segundo e Porto Alegre em terceiro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de capitais

Pantanal perde 29% da superfície de água em 30 anos
Procuradoria-Geral da República decide apurar suposta ameaça do ministro da Defesa, Braga Netto, às eleições de 2022
Pode te interessar

sem nada para mostrar

Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play