Domingo, 21 de julho de 2024

Presidente da Câmara dos Deputados diz que autonomia do Banco Central aumentou credibilidade na política monetária

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), defendeu a autonomia do BC (Banco Central) nesta terça-feira (18). Segundo ele, a “credibilidade” da política monetária do país aumentou após a adoção da medida.

“A autonomia do Banco Central, às vésperas do Copom, aumentou a credibilidade da nossa política monetária. O nosso arcabouço fiscal e a reforma tributária racionalizam a nossa política fiscal”, disse durante participação no evento CNN Talks.

Lira ainda afirmou que a Câmara dos Deputados tem empurrado o país “na direção correta”, com apoio a reformas econômicas e “resistindo a toda tentativa de retrocesso”. As falas de Lira vem em meio às críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra o presidente do BC, Roberto Campos Neto.

Em entrevista na manhã desta terça-feira, o petista afirmou que o banqueiro Central tem lado político e que o comportamento do BC quanto ao ritmo de cortes da taxa básica de juros é “uma coisa desajustada”.

O Copom (Comitê de Política Monetária) começa a se reunir nesta terça e, nesta quarta-feira (19), e poderá decidir por um novo corte na Selic. Desde a última reunião, ocorrida em maio, o colegiado reduziu o ritmo e é esperado que os diretores mantenham o corte em 0,25 ponto percentual.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Desastre climático contribui para queda superior a 19% nas exportações da Indústria de Transformação no Rio Grande do Sul
Cadernetas da Criança começam a ser distribuídas para municípios com decretos de calamidade pública no Rio Grande do Sul
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play