Domingo, 16 de junho de 2024

Presidente dos Estados Unidos anuncia ajuda militar de 375 milhões de dólares para Ucrânia

O presidente norte-americano Joe Biden anunciou neste domingo (21) um pacote milionário de ajuda militar para a Ucrânia.

Em conversa com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, o Chefe dos Estados Unidos afirmou que o montante de US$ 375 milhões evidencia que o país está fazendo tudo o que é possível para fortalecer a defesa da Ucrânia em meio à guerra com a Rússia.

O pacote de ajuda militar incluiria munições, artilharia, veículos blindados e treinamento.

“Juntamente com todo o G7, nós apoiamos a Ucrânia e prometo que não vamos deixá-los na mão”, disse Biden.

Ele disse aos líderes do G7 na sexta-feira (19) que apoiaria programas de treinamento para pilotos ucranianos conduzirem os F-16.

Resposta russa

No sábado (20), o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Alexander Grushkoa, declarou que os países ocidentais correrão “riscos colossais” se fornecerem caças F-16 à Ucrânia.

Grushko fez a afirmação enquanto respondia a uma pergunta sobre as implicações de fornecer os jatos, que a Ucrânia vem solicitando aos países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), aliança militar formada por 30 países.

“Vemos que os países ocidentais ainda estão aderindo ao cenário de escalada. Isso envolve riscos colossais para eles próprios”, disse Grushko.

“De qualquer forma, isso será levado em consideração em todos os nossos planos, e temos todos os meios necessários para atingir as metas que traçamos, afirmou o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Amapá receberá oxigênio e equipamentos hospitalares para combater síndromes gripais
Internada em Brasília, deputada federal Carla Zambelli é diagnosticada com covid
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play