Sábado, 20 de julho de 2024

Presidentes e diplomatas parabenizam Lula pela vitória

Antes do anúncio oficial do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sobre a vitória de Lula ante Bolsonaro, o presidente da Colômbia, Gustavo Petro, foi o primeiro a se manifestar e escreveu “Viva Lula”, em sua conta no Twitter. O chefe do Executivo do Chile, Gabriel Boric, republicou uma postagem da conta oficial de Lula no Twitter e escreveu “Lula. Alegria!”.

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, parabenizou o petista e afirmou que “sua vitória abre um novo tempo para a história da América Latina. Um tempo de esperança e futuro que começa hoje”. “Aqui você tem um parceiro para trabalhar e sonhar alto com a boa vida de nossos povos. Depois de tantas injustiças que você viveu, o povo do Brasil o elegeu e a democracia triunfou. A América Latina sonha”, postou. A vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, também usou a rede social para se manifestar. “Hoje mais do que nunca, amor e muita felicidade. Obrigado povo do Brasil.”

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, também se manifestou. “Comemoramos a vitória do povo brasileiro, que elegeu Lula como seu novo presidente. Viva os povos determinados a serem livres, soberanos e independentes! Hoje no Brasil a democracia triunfou.”

O presidente norte-americano, Joe Biden, parabenizou Lula. “Envio meus parabéns ao Lula por sua eleição para ser o próximo presidente do Brasil após eleições livres, justas e críveis. Estou ansioso para trabalhar juntos para continuar a cooperação entre nossos dois países nos próximos meses e anos.”

Europa

“Parabéns, caro Lula, por sua eleição, que dá início a um novo capítulo da história do Brasil”, escreveu o líder francês, Emmanuel Macron, no Twitter, em português.

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, afirmou que teve “a oportunidade de felicitar calorosamente o Lula pela sua eleição como presidente da República do Brasil. Encaro com grande entusiasmo o nosso trabalho conjunto nos próximos anos, em prol de Portugal e do Brasil, mas também em torno das grandes causas globais”.

O governo da Alemanha também se manifestou. “Parabéns, presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pela vitória nas eleições. Estamos felizes com a perspectiva de ampliarmos juntos e aprofundarmos ainda mais as relações Brasil-Alemanha”, escreveu o embaixador alemão Heiko Thoms.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Eleições 22

Abstenção é menor que a registrada no 1º turno e cai em comparação com 2018
Bolsonaro é o primeiro presidente da História que não consegue se reeleger
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play