Terça-feira, 25 de junho de 2024

Relembre carreira e títulos de Tite, novo técnico do Flamengo

Como vinha sendo especulado ao longo das últimas semanas, o Flamengo anunciou com o técnico Tite para substituir o argentino Jorge Sampaoli no comando da equipe. O contrato vai até o final de 2024. Aos 62 anos, o gaúcho natural de Caxias do Sul chegará ao 15º clube de sua carreira como treinador, após passar mais de seis anos na Seleção Brasileira masculina de Futebol. Ele acumula 16 títulos na carreira.

O ex-técnico da Seleção Brasileira masculina de Futebol assume os treinos do clube carioca já a partir desta terça (10), e será acompanhado pelos auxiliares Matheus Bachi, Cléber Xavier e César Sampaio, além do preparador físico Fábio Mahseredjian e do analista de desempenho Lucas Oliveira.

“O Clube de Regatas do Flamengo informa que fechou acordo com o técnico Tite para comandar o elenco profissional. O treinador assinou contrato até dezembro de 2024 e inicia o trabalho no Rubro-Negro a partir de amanhã. A comissão técnica do novo comandante contará com os auxiliares Matheus Bachi, Cléber Xavier e César Sampaio, além do preparador físico, Fábio Mahseredjian, e do analista de desempenho, Lucas Oliveira. Desejamos um ótimo trabalho a todos e muito sucesso com o Manto Sagrado!”, diz o comunicado do clube nas redes sociais.

Adenor Leonardo Bacchi, o Tite, iniciou sua trajetória em clubes do interior do Rio Grande do Sul, até vencer o Gauchão de 2000, com o Caxias, derrotando o Grêmio, que à época, tinha Ronaldinho Gaúcho como grande destaque.

Um ano depois de ser campeão gaúcho, o técnico assumiu o Grêmio, que vinha de um decepcionante 2000 sob o comando de Celso Roth. Naquele ano, não só conquistou o estadual, como também a Copa do Brasil. Em 2008, ele levou o Inter a conquistar de maneira inédita a Copa Sul-Americana. Tite treinou grandes clubes do país, como Palmeiras e Atlético-MG e o seu currículo também inclui duas experiências no futebol dos Emirados Árabes Unidos (Al Ain e Al-Wahda).

Tite se destacou nacionalmente, principalmente, nas suas duas passagens pelo Corinthians, entre 2010 e 2013, e 2015 e 2016. Na equipe paulista, venceu seis títulos, incluindo o Mundial de Clubes, a Copa Libertadores da América de 2012, e dois Campeonatos Brasileiros, das edições 2011 e 2015.

Este trabalho à frente do clube paulista o credenciou a comandar a Seleção em duas Copas do Mundo, nos anos de 2018, na Rússia, e 2022, no Catar. Apesar de não ter conseguido o sonhado hexa pela amarelinha, saiu com a conquista da Copa América de 2019, realizada no País.

Títulos:

Seleção Brasileira: Copa América (2019);
Corinthians: Mundial de Clubes da FIFA (2012); Libertadores da América (2012); Recopa Sul-Americana (2013); Brasileirão (2011 e 2015); e Campeonato Paulista (2013);
Internacional: Copa Sul-Americana (2008); e Campeonato Gaúcho (2008 e 2009);
Grêmio: Copa do Brasil (2001); e Campeonato Gaúcho (2001);
Caxias: Campeonato Gaúcho (2000);
Veranópolis: Campeonato Gaúcho – 2ª divisão (1993);
Al-Wahda (EAU): Campeonato dos Emirados Árabes (2009/10); e Supercopa dos Emirados Árabes (2010/11).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Tite é anunciado como novo técnico do Flamengo
Começam as obras de revitalização da área esportiva do Parcão, em Porto Alegre
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play