Sábado, 02 de julho de 2022

loader

Renan retira o nome de Heinze de relatório da CPI da Covid

Horas após incluir o nome de Luis Carlos Heinze (PP-RS) na lista de sugestões de indiciamento no relatório final da CPI da Covid-19, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) aceitou remover o nome do gaúcho do documento.

A lista volta a ter 80 nomes, entre pessoas e empresas. O pedido de retirada do nome de Heinze foi feito pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), que, durante a manhã, tinha solicitado a inclusão de Heinze na lista.

Pela manhã, o pedido de Vieira havia sido motivado pela leitura do relatório paralelo apresentado por Heinze à CPI. O senador sergipano afirmou que o colega havia “difundido desinformação no curso da reunião”. Nas conclusões defendidas em seu texto, Heinze levantou dúvidas sobre a origem da Covid-19 e defendeu o Conselho Federal de Medicina (CFM), cujo presidente também está na lista de sugestões de indiciamento.

Ao pedir que Renan retirasse o nome do gaúcho, Vieira afirmou que se tratava de uma questão formal e também de mérito. Segundo ele, o uso da CPI para disseminar informações incorretas seria um agravante.

“Mas me rendo ao argumento, inclusive do senhor presidente desta Casa, no sentido de que a imunidade parlamentar, no exercício da tribuna, teria uma determinada percepção alargada. Não concordo pessoalmente, mas me rendo à maioria nesse sentido”, disse.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Governo gaúcho autoriza segunda dose com Pfizer para quem tomou primeira com AstraZeneca
Brasil tem média móvel de 342 mortes diárias por Covid; tendência é a pior registrada no último mês
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play