Terça-feira, 18 de janeiro de 2022

loader

Renato Portaluppi pode deixar o Flamengo mesmo em caso de título da Libertadores? Entenda

O assunto ainda é tabu dentro do Flamengo, sobretudo perto da final da Libertadores, mas o futuro de Renato Portaluppi é incerto mesmo em caso de título. A imagem de um torcedor, nas ruas do Uruguai, implorando para membros da diretoria que não mantenham o técnico após o jogo com o Palmeiras é um retrato da alta rejeição.

Querido pelos jogadores, Renato tem contrato até o fim de dezembro. Caso seja campeão, teria que renovar para disputar o Mundial de Clubes, em fevereiro. Mas nem o tema foi cogitado no clube nem o seu estafe acredita na permanência. Com o time classificado há dois meses, o desempenho do Flamengo no Brasileiro pesa contra o treinador. Renato Gaúcho ainda tem respaldo do vice de futebol Marcos Braz, mas outros dirigentes, que estão em Montevidéu, são contra.

Após xingamentos e cobranças nos jogos no Maracanã, o técnico não ouviu nenhuma voz do clube sair em sua defesa. Exposto pelos maus desempenhos em meio muitas lesões, tentou manter o ambiente controlado até a final da Libertadores. E deixou claro que mudanças seriam avaliadas ao fim da temporada. Se conquistar o título sobre o Palmeiras, a permanência será debatida ao longo das partidas que restam do certame nacional.

Ainda há chances matemáticas ínfimas e o Atlético-MG não pode mais ser campeão este fim de semana. No entanto, a postura do Flamengo no empate contra o Grêmio, com time reserva e apatia, caiu novamente na conta de Renato Gaúcho.

Com uma forte relação com o Grêmio, Renato tem sido alvo de críticas nas redes sociais por conta da ligação com o Tricolor.

No empate em 2 a 2, na última terça-feira, na Arena, ele não comemorou os gols do Flamengo, fato que fez a torcida se irritar. Além disso, Renato Gaúcho recuou o time vencendo por 2 a 0 e com um a mais e cedeu o empate. O resultado fez o Flamengo praticamente dar adeus ao título do Brasileirão.

Após comandar o último treino do Flamengo antes da final da Libertadores, Renato concedeu entrevista coletiva aos jornalistas nesta sexta-feira. O treinador garantiu que a torcida flamenguista pode esperar entrega, dedicação e luta no tempo que for preciso e ressaltou que o Rubro-Negro é sempre “muito forte” nas decisões.

“Pode esperar uma entrega e dedicação muito grande, uma luta no tempo que for. O Flamengo é sempre muito forte nesses momentos. Tudo que poderíamos ter feito, do presidente ao roupeiro, a gente fez. Teremos muita garra para conquistar esse objetivo.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Existe uma vontade de fazer mudanças na poupança’, diz presidente do Banco Central
Deputados reveem regra de vale-creche incluída no Auxílio Brasil
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play