Terça-feira, 18 de junho de 2024

Rio Grande do Sul com mais chuva e frio nos próximos dias

A população do Rio Grande do Sul, que voltou a sofrer com grandes volumes de chuva, vai encarar muito frio nos próximos dias.

Nesta sexta-feira (24), ocorre a formação de uma nova frente fria entre o Rio Grande do Sul e o Paraguai, que se desloca rapidamente sobre o Sul do Brasil. Por isso, o dia ainda será muito instável no Rio Grande do Sul, com previsão de chuva para todo o Estado.

Há inclusive a possibilidade de precipitação invernal na Serra gaúcha entre a noite desta sexta e a madrugada deste sábado (25). A expectativa é de chuva congelada.

Ainda nesta sexta, vai começar a entrar muito ar frio sobre o Rio Grande do Sul e por isso a temperatura vai baixando no decorrer do dia. A sensação de frio vai aumentando até a noite em todo o território gaúcho.

Este fim de semana será de muito frio no Rio Grande do Sul, mesmo com o retorno do sol. Conforme a Climatempo, não há previsão de mais chuva. Há condições para formação de geada no amanhecer deste sábado no centro, sudoeste gaúcho e na campanha. No domingo, a geada deve se formar no sudoeste e oeste, serra e planalto.

Novos alagamentos

Ao longo dessa quinta-feira (23), diversos bairros de Porto Alegre registraram novos alagamentos e subida da água. Alerta da Defesa Civil prevê a continuidade da chuva que voltou à cidade. No Centro, o shopping Praia de Belas, que já tinha sido reaberto, fechou novamente ao meio-dia, por causa da nova elevação da enchente no entorno. Bueiros nas esquinas das ruas João Manoel e Sete de Setembro transbordaram.

Os registros de alta do volume incluíram ruas dos bairros Menino Deus, Praia de Belas, Cidade Baixa, Santana, áreas da Zona Norte, além de vias como a 24 de Outubro, Cairú, Farrapos, Cristóvão Colombo e na Zona Sul de Porto Alegre, como na Cavalhada e Otto Niemeyer. A limpeza do Mercado Público foi suspensa.

Na Zona Sul, a água também verteu dos bueiros e tomou as vias. Ruas que não foram afetadas anteriormente pela água, dessa vez, encheram, como a Lima e Silva, na Cidade Baixa.

Os alagamentos também atingiram a Zona Norte de Porto Alegre, com água subindo novamente em locais que já haviam secado. Na Avenida Ceará, a água chegava nas calçadas.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) havia emitido três alertas ainda na quarta-feira (22) para tempestades no Estado.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Governo do Estado disponibiliza R$ 40 milhões em horas-máquina para municípios em situação de calamidade pública
Setenta e seis municípios gaúchos aplicaram 21.391 doses de vacina contra a gripe em 655 abrigos no Rio Grande do Sul
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play