Domingo, 25 de fevereiro de 2024

Tribunal rejeita pedido de liberdade provisória e mantém Daniel Alves preso

Daniel Alves segue em prisão preventiva. A justiça espanhola rejeitou o pedido de liberdade provisória apresentado pelo advogado do jogador, Cristóbal Martell. Com a decisão, o ex-jogador responderá preso a acusação de estupro.

Para os juízes responsáveis pelo caso, chance de fuga ao Brasil pesou na hora de negar a liberdade provisória.

Daniel Alves está preso desde 20 de janeiro em Barcelona e, entre as provas que pesam contra o jogador, há o resultado de um teste de DNA que comprova sêmen do atleta na roupa da vítima, além de impressões digitais no banheiro do local. O lateral também já contou quatro versões diferentes dos eventos que aconteceram na noite, enquanto a vítima manteve a mesma versão dos acontecimentos.

Uma câmera de segurança da boate Sutton também flagrou Daniel Alves ignorando a mulher que o acusa de estupro ao sair da boate, segundo o jornal El Periódico. As imagens também confirmam o depoimento do gerente que, no início do mês, garantiu que o jogador deixava a casa noturna quando passou por ele que, naquele instante, tentava acalmar a jovem de 23 anos

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Tribunal Superior do Trabalho abre edital para cadeiras de R$ 6 mil
Hemocentro gaúcho faz apelo para estimular doação de sangue no período pós-carnaval
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play