Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Ucrânia e Rússia concordam em prorrogar acordo para exportação de cereais

O acordo que permite a exportação de cereais ucranianos pelo Mar Negro foi prolongado por 120 dias, anunciou nesta quinta-feira (17) o ministro ucraniano das Infraestruturas, uma informação confirmada pela Turquia.

“A iniciativa dos cereais do Mar Negro será prolongada por 120 dias”, afirmou o ministro Oleksandre Kubrakov.
“É um passo importante na luta contra a crise alimentar mundial”, acrescentou. O acordo chegaria ao fim próximo sábado.

Uma fonte do governo da Turquia, que pediu anonimato, confirmou a renovação do acordo por quatro meses “nas mesmas condições” observadas desde julho.

O funcionário disse que todas as partes concordaram que “o acordo prosseguirá por 120 dias nos meses de inverno” (hemisfério norte) e que “novos ajustes” podem ser feitos.

O acordo, conhecido como Iniciativa de Grãos do Mar Negro, permitiu a exportação de mais de 11 milhões de toneladas de cereais dos portos ucranianos em quatro meses.

Uma fonte diplomática próxima às negociações também confirmou à AFP que o acordo, com participação da Ucrânia, Rússia, Turquia e ONU, foi renovado.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, expressou “satisfação” com o acordo, que permitirá “a navegação segura da exportação de grãos, alimentos e fertilizantes da Ucrânia”, afirma um comunicado enviado à AFP pelo Centro de Coordenação Conjunta (JCC, na sigla em inglês), que supervisiona o transporte de cereais, com sede em Istambul.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Com avanço da vacinação, covid deixou neste ano de ser a doença que mais mata no Brasil
Vice-presidente eleito Geraldo Alckmin afirma que o futuro governo terá compromisso com a responsabilidade fiscal
Pode te interessar
Baixe o app da TV Pampa App Store Google Play